Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Playlist: 5 coisas para ler, ver e jogar em fevereiro

A revolta dos robôs soviéticos, o fungo que inspirou "The Last of Us", um simulador de foguetes usado pela Nasa, a neurociência das emoções humanas - e um homem de 270 kg em luta contra o próprio corpo

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
16 fev 2023, 11h49

Os robôs soviéticos

A URSS venceu a Segunda Guerra Mundial graças a seus autômatos superavançados. Em 1955, eles saem do controle – e se levantam contra a humanidade. Eis a premissa deste jogo, criado pelo estúdio russo Mundfish, que impressiona pela qualidade gráfica e sofisticação dos cenários e robôs. Vai custar US$ 60; mas sairá de graça para os assinantes do Xbox Game Pass.

Atomic Heart. Lançamento dia 21/2, para PC, Playstation e Xbox.

O reino dos fungos

A capa do livro A Trama da Vida em fundo liso.

Ao infectar uma formiga, o fungo Ophiocordyceps unilateralis passa a controlar seu cérebro. Ele faz com que a vítima escale uma planta – e fique parada sobre ela, imóvel, durante vários dias. Então o fungo começa a sair pela cabeça da formiga, e espalha seus esporos lá do alto para se reproduzir. Neste livro, o biólogo inglês Merlin Sheldrake conta essa e outras histórias incríveis sobre os fungos. Incluindo este, que inspirou o game e a série “The Last of Us”.

A neurociência das emoções

A capa do livro Conexões em fundo liso.

“Não sei por que não consigo chorar”, diz Mateo, paciente do psiquiatra americano Karl Desseiroth, ao procurá-lo – fortemente abalado por ter perdido a esposa, grávida, num acidente de carro dois meses antes. Neste livro, Desseiroth (que também é pesquisador da Universidade Stanford) parte desse e de outros casos para investigar a história e a neurociência das emoções humanas.

Cena do filme Whale, mostrando o personagem principal.
(Reprodução/Divulgação)

270 kg de tristeza

Charlie (Brendan Fraser) é um professor morbidamente obeso, que só dá aulas pela internet e nunca abre a câmera: diz que está quebrada, pois não quer que os alunos o vejam. Vive trancado em casa, ganhando mais e mais peso e vendo a própria saúde se esvair. Mas ele tem uma filha adolescente, cujo reaparecimento muda – e tumultua – as coisas. Performance impressionante de Fraser, indicado ao Oscar de melhor ator.

A Baleia. Estreia nos cinemas dia 23/2.

Cena do jogo Kerbal Space, com um foguete sendo lançado.

O simulador da Nasa

Continua após a publicidade

Em Kerbal Space Program, você dirige o programa espacial de uma raça de seres alienígenas, os kerbals. Eles são bonitinhos, mas o game é um simulador sério, em que você projeta naves e foguetes – e aí testa, na prática, se voam ou não. O jogo é usado pela própria Nasa para experimentar ideias de novos projetos. Agora está ganhando uma continuação, cheia de novas tecnologias espaciais – reais e fictícias.

Kerbal Space Program 2. Lançamento dia 24/2, para PC. US$ 50.

 

 

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.