GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Produtores musicais: Reis da cocada

Estes são

O pai de todos, ou melhor, o rei, é King Tubby, quem teve pela primeira vez a idéia de brincar com a mesa de som e abrir uma avenida de possibilidades musicais. Depois de sua majestade, há dezenas de seguidores. Alguns são nobres, como King Jammy, outros são acadêmicos do dub, como Scientist. À sua maneira, todos são geniais.

LEE “SCRATCH” PERRY

Começou logo depois de Tubby e com uma linguagem personalíssima. Produziu maravilhas com os Wailers originais (Marley, Tosh e Livingstone), Max Romeo, Junior Murvin, Prince Jazzbo e inúmeros outros. Lenda viva – e completamente tantã.

KING JAMMY

Discípulo de King Tubby, estourou em 1985 com o som de “Under me Sleng Teng”, de Wayne Smith, usando um tecladinho Casio “Music Box”! O trabalho recente com o Dry & Heavy mostra que continua esperto.

JAH SHAKA

A essência desse jamaicano de Londres é o soundsystem (no caso, amplificadores valvulados, caixas rombudas e só um toca-discos!) “O melhor grave que já ouvi na vida”, diz Lucas, o Qorpo Santo. Como produtor, é um dos pais do estilo walking bass.

KING TUBBY

O pioneiro entre os pioneiros. Pegou um gravador velho, transformou o botão on/off de cada um dos dois canais em tecla deslizante e entrou pra história. Morreu assassinado na porta de casa em 1989.

AUGUSTUS PABLO

Devoto de Haile Selassie, rasta centrado, inovou com sonoridades interplanetárias a bordo de uma harmônica – instrumento que viraria sua marca registrada. Morreu de desordens nervosas em 1999.

MAD PROFESR

Nasceu na Guiana inglesa, mudou-se para Londres e lá montou um pequeno estúdio no final dos anos 70. Hoje o selo Ariwa soma centenas de singles e álbuns lançados, um melhor que o outro. Fez shows em São Paulo em agosto de 2002 – e deve aparecer no Brasil de novo em dezembro!

BILL LASWELL

Multiinstrumentista, fundador do grupo Material (NY), tornou-se um dos mais requisitados produtores do mundo. Sua alma dub é responsável pelo magnífico Dreams of Freedom: Ambient Translations of Bob Marley in Dub. Fora o resto.

SLY & ROBBIE

Ao lado dos irmãos Carlton e Aston Barrett, dos Wailers, a dupla bateria/baixo mais consagrada do reggae em todos os tempos. Como músicos e produtores, reinventaram o Black Uhuru, Grace Jones, Ini Kamoze e centenas de outros. Fazem dubs baixudos e bem marcados, inclusive ao vivo – o show no Rio, em 27 de outubro, foi casca.

SCIENTIST

Assistente técnico do estúdio de Tubby, um dia ele aproveitou que não tinha ninguém e… O resto dá pra imaginar. Suas fantasias sonoras, mais o conhecimento técnico, fizeram dele um dub superstar ao longo dos anos 80.

ADRIAN SHERWOOD

Inglês, branco, meio careca… nada nele faz crer que se trata de um dos deuses do dub. Tem um selo próprio, o On-U Sound, e é tido como herdeiro da arte insana de Lee Perry. Acho que não é preciso dizer mais nada.