Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Qual James Bond matou mais? E qual tomou mais biritas?

Comparamos todas as versões do 007 a tempo do próximo filme da franquia, "Sem Tempo Para Morrer" – o último com Daniel Craig. Confira.

Por Rafael Battaglia 16 set 2021, 16h41

A franquia 007 é uma das maiores do cinema. Em termos de arrecadação, só fica atrás de Harry Potter, Star Wars e do Universo Marvel (o MCU), nessa ordem. Em quase 50 anos, os 24 filmes de James Bond fizeram quase US$ 7 bilhões em bilheteria – fora a grana que vem de merchandising das dezenas de marcas que brigam para conquistar um espaço ao lado do agente britânico.

No dia 30 de setembro, chega aos cinemas 007: Sem Tempo para Morrer, 25º filme do personagem – o último com Daniel Craig. E olha só: seu James Bond é, até aqui, o que mais matou, mais bebeu e mais faturou, na média por filme.

No gráfico abaixo, veja como cada 007 se enquadra nessas estatísticas. Vale ressaltar: os valores de bilheteria foram ajustados à inflação, e apenas as mortes efetuadas pelos próprios Bonds foram consideradas – assassinatos cometidos por vilões não contam.

(E claro: os números de Sem Tempo para Morrer não foram considerados, por motivos óbvios). Confira:

Gráfico mostrando qual 007 mais bebeu, mais matou e mais faturou. A comparação é feita entre os filmes interpretados por Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig.
Natalia Sayuri Lara/Rafael Battaglia/Superinteressante

Raio-x de Craig

O filme de Daniel Craig que mais faturou, até agora, foi Operação Skyfall (2012): US$1,2 bilhão. É o campeão de toda a franquia. Só 007 Contra Goldfinger (1964) e 007 Contra a Chantagem Atômica (1965), da era Sean Connery, também ultrapassaram a barreira do bilhão.

Craig é também o mais beberrão dos agentes do MI6. Em Cassino Royale (2006), ele consome incríveis 26 unidades de álcool – mais do que qualquer outro Bond (este site lista todas as bebidas que aparecem nos filmes 007, de shot de vodca a taças de champanhe; vale a pena conferir).

Nos filmes seguintes, Craig deu uma maneirada: em Quantum of Solace (2008), foram 18 unidades de álcool; Skyfall, 16. Em 007 Contra Spectre, ele mal bebeu: foram “apenas” 5,7 unidades, distribuídas em um copo de uísque, três goles em uma garrafa de vodca, uma cerveja e um martini. Para os padrões Bond, praticamente um abstêmio.

Continua após a publicidade
Publicidade