Clique e assine a partir de 8,90/mês

Afeganistão quer apagar a própria história

Governo afegão decidiu suprimir dos livros escolares vários episódios dos últimos 40 anos - como a invasão do país pela URSS.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h17 - Publicado em 19 nov 2012, 22h00

Anna Carolina Rodrigues

O governo afegão decidiu suprimir dos livros escolares vários episódios dos últimos 40 anos – como a invasão do país pela URSS, a guerra civil na década de 1990, o surgimento do movimento talibã e sua guerra com os EUA. Segundo as autoridades, o objetivo é combater os ressentimentos da população.

Publicidade