GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Assista ao desastre da maior máquina voadora da história

Construído em 1930, o dirigível foi batizado em homenagem a Paul von Hindenburg, então presidente do país. A nave também era conhecida como Zeppelin – nome da companhia aérea alemã que a operava. Com 245 metros de comprimento, demandava 200 mil metros cúbicos de hidrogênio para decolar. Até hoje, é considerado a maior máquina voadora da história.

O desastre do LZ 129 Hindenburg foi o primeiro acidente registrado em filme. Em 6 de maio de 1937, o Zeppelin, vindo da Alemanha, preparava-se para pousar em uma base naval em Nova Jersey, quando começou a pegar fogo. O incêndio pode ter sido causado por um vazamento de combustível ou mesmo uma sabotagem – a causa exata é desconhecida. A cerca de 100 metros do solo, o dirigível foi consumido pelas chamas. Das 97 pessoas a bordo, 35 morreram.

Veja o vídeo:

Este texto foi originalmente publicado no dossiê da SUPER Caixa-preta, lançado em julho de 2015.