Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Asteroide que extinguiu os dinossauros deu origem à Amazônia

Análise de fósseis revela que, antes do impacto, região era tomada por árvores coníferas.

Por Bruno Garattoni 17 jun 2021, 09h23

há 66 milhões de anos,  um asteroide caiu na Península de Yucatán, no México, onde formou uma cratera de 150 km de diâmetro. O impacto levantou uma grande nuvem de poeira, que barrou parte dos raios solares, levou a uma forte queda de temperatura – e resultou na extinção de 75% de todas as espécies presentes na Terra, incluindo os dinossauros.

Mas um novo estudo, publicado por cientistas do Instituto Smithsonian e de várias universidades americanas (1), sugere que a catástrofe também teve um efeito positivo: levou à formação da Floresta Amazônica. Os pesquisadores chegaram a essa conclusão analisando amostras de pólen e folhas fossilizadas, anteriores à queda do asteroide.

Elas revelam que, antes do impacto, a paisagem da região era bem diferente, com florestas menos densas, formadas por árvores coníferas (grupo que inclui os pinheiros e as sequoias) e pequenas plantas rasteiras.

Fonte Extinction at the end-Cretaceous and the origin of modern Neotropical rainforests. M Carvalho e outros, 2021.

Continua após a publicidade

Publicidade