GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Chimpanzé ficou sem rabo bem antes de virar gente

É verdade que sobrou um pedacinho de rabo nos humanos?

Todo mundo sabe que o homem descende dos macacos. Por isso, os paleontólogos admitem que ele, algum dia, já teve rabo também. Mas o Homo sapiens vem de um grupo sem cauda, o mesmo dos orangotangos e dos chimpanzés (veja ao lado), cujo ancestral comum é desconhecido. Alguns pesquisadores acreditam que o nosso cóccix, aquele ossinho que fica bem no final da coluna, é resquício de uma cauda. Pode ser que os avós dos nossos ancestrais tivessem rabo e assim tenha restado um indício. Essa é a opinião do primatologista Castor Cartelle, da Universidade Federal de Minas Gerais. “O cóccix é formado pela fusão de três ou quatro vertebrazinhas”, conta ele. “Isso pode ser uma lembrança deixada por uma antiga cauda.” O homem não seria o único. Um caso parecido aconteceu também com alguns anfíbios. Todos têm rabo, exceto o grupo dos anuros, que inclui a rã, o sapo e a perereca. Esses animais também apresentam um órgão, chamado uróstilo, que corresponde ao nosso cóccix.

Em busca da cauda perdida

Nenhum dos nossos parentes próximos tem cauda.

Um dos grandes galhos deu origem aos macacos da América do Sul, todos com rabo.

Ninguém sabe exatamente onde começa o tronco da árvore que representa a evolução dos primatas, ou seja, quem é o ancestral comum a todos. Mas sabe-se como os seus galhos se dividem.

Este ramo deu origem aos babuínos, também de cauda avantajada.

Aqui ninguém tem rabo. Se sobrou algum resquício, ele vem de um ancestral desconhecido.