GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Da urina ao urânio

Texto Rodrigo Rezende

Urina

Receita dos alquimistas para fabricar ouro: misture 50 baldes de urina com areia, espere alguns meses e faça a destilação. Foi exatamente o que o alemão Hennig Brand fez, em 1675. Mas o resultado foi outro: uma substância inflamável que recebeu o nome de fósforo e passou a valer mais que ouro. Era assim, desse jeito caótico, que a química evoluía antes do século 18. Mas aí nasceu…

Lavoisier

O autor da máxima “Nada se cria, tudo se transforma” ajudou a varrer dos laboratórios a herança da alquimia. Trancado por horas a fio na companhia de sua esposa, Marie-Anne, e mais 13 mil tubos de ensaio, ele descobriu o hidrogênio, o oxigênio e botou ordem na química. Mas aí veio a Revolução Francesa, que levou a cabeça dele na guilhotina. E chegou outro cientista, que levou Marie-Anne,…

Benjamin Thompson

Ao contrário de Lavoisier, o americano não vacilou quando percebeu que o clima estava esquentando em seu país. Correu da guerra americana de 1776 e foi para a Inglaterra, onde fundou a Instituição Real de Química. Passou também pela Alemanha e pela França, e deixou como herança os Jardins Ingleses de Munique, um séquito de ex-esposas descontentes (inclusive Marie-Anne) e um pupilo:

Humpry David

O homem que descobriu o método de usar a eletricidade para isolar elementos químicos (a eletrólise) não conseguia se separar de seu vício: o gás hilariante. Entre um mergulho e outro no gás psicotrópico, ele descobriu os elementos potássio, sódio, magnésio, estrôncio e alumínio. Em 1829, ele morreu de tanto se drogar, sem ter compreendido o elemento mais excêntrico da química: o…

Urânio

Suas propriedades quase alquímicas – ele se transforma em chumbo enquanto solta radiação – foram descobertas só em 1896, quando Henri Becquerel deixou uma barra de urânio perto de um filme fotográfico, que ficou manchado pela radioatividade. Mas ele tinha aplicações desde o Império Romano: tingir cerâmica de dourado. A palavra “ouro”, aliás, vem do grego ouron, que significa… urina.