GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Eclipse Providencial

Relato sobre como o navegador Genoves Cristovão Colombo escapou de morrer de fome usando a eclipse como sinal divino.

Conhecidos dos astrônomos desde a Antiguidade, os eclipses sempre espalhavam o pânico entre as pessoas. Certa vez, o navegador genovês Cristóvão Colombo (1451-1506) escapou de morrer de fome aproveitando-se desse medo. Em 1502, ele partira em busca de uma passagem marítima para a Ásia. Atropelado por tempestades que avariaram sua frota, aportou na atual Jamaica. Sem poder retornar, Colombo convenceu os nativos que estava ali em nome de Deus e, enquanto esperava ajuda, eles deveriam trazer-lhe alimentos. No entanto, o socorro demorava, e os índios decidiram parar de levar comida aos forasteiros. Sem alternativas, Colombo teve uma idéia. Ao consultar um livro de Astronomia, descobriu que dali a alguns dias haveria um eclipse da Lua. Então. Chamou os nativos e lembrou-lhe que estava em missão divina e que Deus iria castigá-los pela rebeldia. Como prova, enviaria um sinal do céu. Naquela noite, a Lua nasceria cor de sangue. De fato, foi o que ocorreu, e em seguida a sombra da Terra a encobriu. Aterrorizando, os índios foram ao navio pedir perdão. Fingindo entrar na cabine para falar com Deus, o navegador só saiu quando o eclipse estava no fim, para dizer que o Senhor os perdoaria. Mas com a condição de que eles continuassem a trazer alimentos. Naquele instante, o eclipse terminou, a Lua voltou a brilhar e a estratégia de Colombo funcionou.