Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Escrita

O homem escreve para registrar os sons de sua voz

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h23 - Publicado em 30 set 1990, 22h00

A escrita foi uma das principais idéias que possibilitaram o desenvolvimento das civilizações. Sem ela, seria impossível transmitir o conhecimento no espaço e no tempo. A tentativa de representar o mundo tem origem com os homens pré-históricos e seus desenhos nas cavernas. Desse ato surgiram a arte, a religião e a escrita. O que difere a escrita das duas primeiras é sua associação com a linguagem da fala (uma das principais capacidades que separam os homens dos outros animais), pois a escrita é fundamentalmente uma maneira de representar os sons.

Datam de 6000 a.C. as primeiras formas de escrita. Não surpreendentemente, foram desenvolvidas de maneira independente em várias civilizações antigas, como a egípcia (com os hieróglifos), a mesopotâmica (escrita cuneiforme) e a chinesa (com os ideogramas), entre os séculos 9 a.C. e 4 a.C.

O progresso da escrita está ligado à transformação das sociedades nômades e baseadas na caça em sedentárias e agrárias, quando passou a ser necessário medir a colheita e os animais. Os sinais pictóricos (símbolos que se assemelham a desenhos) foram substituídos por conjuntos de letras entre 1700 e 1500 a.C., com o alfabeto hebraico. Por volta de 400 a.C. surgiu o alfabeto grego, o primeiro escrito da esquerda para a direita.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.