Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Existência de teorias :querem esconder a verdade!

Os defensores das teorias conspiratórias partem do princípio de que algo muito importante está sendo escondido da opinião pública por um grupo de pessoas que se beneficiaria da ocultação dos fatos.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h27 - Publicado em 30 set 2005, 22h00

Ernesto Yoshida e Leandro Steiw, editores

Este livro dá voz aos que acreditam na existência de teorias conspiratórias – os “paranóicos” que costumam desconfiar das versões oficiais dos fatos. São 20 saborosas histórias divididas em cinco capítulos: Política, Religião, Cultura, Ciências e Miscelânea. Afinal, Marilyn Monroe cometeu suicídio ou foi assassinada? Existe um plano secreto para derrubar Lula? Os judeus querem dominar o mundo? John Lennon foi eliminado a mando da CIA? Harry Potter incentiva a criançada à prática de bruxaria? Tsunami é uma nova arma de destruição em massa criada pelos Estados Unidos? O naufrágio do Titanic foi uma fraude? A princesa Diana está viva? E outros temas intrigantes.

Os defensores das teorias conspiratórias partem do princípio de que algo muito importante está sendo escondido da opinião pública por um grupo de pessoas que se beneficiaria da ocultação dos fatos. Para o crítico britânico Christopher Hitchens, essas versões alternativas dos fatos históricos são um “subproduto da democracia”. Com a grande quantidade de informação que circula entre as pessoas, é inevitável que muitas delas criem suas próprias explicações para os eventos, em oposição às versões prevalecentes.

Este livro não pretende subverter a história, mas sim proporcionar uma leitura de entretenimento e levar a uma reflexão sobre as fronteiras entre a ficção e a realidade. Algumas teorias conspiratórias apresentadas são claramente fantasiosas, enquanto outras deixam qualquer um com a pulga atrás da orelha. Como afirma o escritor americano Mark Fenster , “nem todas as teorias da conspiração são falsas e nem todas são verdadeiras”. Leia as histórias a seguir e tire sua própria conclusão: estão escondendo a “verdade”?

Continua após a publicidade
Publicidade