Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Intelectual brasileiro em combate

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h20 - Publicado em 29 jul 2009, 22h00

O critico literário Boris Schnaiderman, da Universidade de São Paulo, esteve na Segunda Guerra Mundial. Serviu como oficial em um comando de artilharia da Força Expedicionária Brasileira. Ele conta, no livro Guerra em surdina – Histórias do Brasil na Segunda Grande Guerra (Brasiliense, 220 páginas), com um olhar duro e realista, o dia-a-dia dos soldados brasileiros no front durante o último ano do conflito. O livro, que está sendo relançado em maio (a edição original é de 1964), vale a pena. . Preço não definido.Telefone da Editora Brasiliense: (011) 861 3366

Publicidade