Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Lente

Através dela,conhecemos grandes e pequenos Universos

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h25 - Publicado em 31 ago 2006, 22h00

Parte fundamental de qualquer instrumento ótico, a lente ampliou nossas fronteiras. Por causa dela, conseguimos conhecer universos microscópicos e nos aproximar de corpos celestes a anos-luz da Terra. Pessoas com problemas de vista puderam enxergar melhor. A lente é um pedaço de vidro em que um ou os dois lados são curvos, de maneira a alterar a direção dos raios luminosos, aumentando ou diminuindo aparentemente as dimensões dos objetos.

O interesse pelos fenômenos óticos começou na Idade Média e, no século 16, surgiu o microscópio. O primeiro telescópio foi construído por Galileu Galilei, em 1608. Não passava de uma luneta, mas com ela tornou-se possível enxergar coisas nunca vistas pelo homem, como as crateras da Lua, os satélites de Júpiter e o formato da Via-Láctea. A idéia de aplicar lentes corretivas diretamente na superfície ocular foi proposta pela primeira vez por Leonardo da Vinci, em 1508. Mas foi só em 1887 que o suíço Adolphe Eugène Fick construiu as primeiras lentes de contato, em vidro soprado, mudando para sempre a vida de quem não suporta usar óculos. Com o avanço da ciência, as lentes tornaram-se muito potentes, como a utilizada no telescópio Gemini Norte, capaz de aproximar uma área do céu 1 milhão de vezes menor do que a ocupada pela Lua.

Publicidade