GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Marco Bianchi

Barbara Axt

O apresentador do Rockgol da MTV é fanático pelas histórias do gaulês enfezado Asterix. Ele indica aqui os 5 melhores livros da série e um que, de tão fraquinho, precisava tomar um gole da poção mágica de Panoramix.

Asterix entre os Bretões

Meu preferido, principalmente pelo bretão Cinemapax. Falando uma tradução literal do inglês, ele sempre pede uma “xícara de quente água, com um pingo de leite, se lhe agrada”.

Asterix, o Gaulês

É o primeiro livro da série e talvez o mais cômico. A poção que Panoramix usa para enganar os romanos é impagável: além de não fortalecer quem toma, faz crescer os cabelos.

Obelix & Companhia

Além de ter o genial Obelix como protagonista, essa história critica o capitalismo, mostrando o lado engajado dos autores. É curioso ver essa questão em um contexto tão remoto.

Asterix e Cleópatra

O ponto alto é o arquiteto Numeróbis. Ele vive com a corda no pescoço, arquitetando construções pouco sólidas que lembram os prédios de areia do ex-deputado Sérgio Naya.

Asterix e a Cizânia

Um episódio movimentado em que o ignóbil Tulius Detritus tenta semear a discórdia entre os gauleses. E consegue. Mas nem por isso o céu cai sobre a cabeça dos nossos heróis.

Lixo

A Galera de Obelix

Com a morte de Goscinny, os textos passaram a ser feitos pelo desenhista Uderzo. Fiquei com a impressão de que, mesmo ainda existindo no papel, os personagens perderam a alma.