Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

O que é um poço artesiano?

Há indícios de que os chineses já faziam perfurações desse tipo por volta de 5000 a.C.

Por Cristina de Moraes Atualizado em 9 jan 2017, 16h43 - Publicado em 31 ago 2002, 22h00

É um poço perfurado com diâmetro pequeno, grande profundidade e um detalhe importante: a água jorra do solo naturalmente, porque sua própria pressão basta para levá-la à superfície. “Quando essa pressão não é suficiente, temos de utilizar uma bomba – mas aí o poço só pode ser chamado de semi-artesiano”, afirma o hidrogeólogo Ricardo Hirata, da USP.

O nome data do século XII, quando, em 1126, foi criado um poço do gênero na cidade francesa de Artois, ou Artésia. Esse, porém, estava longe de ser o primeiro, pois há indícios de que os chineses já faziam perfurações desse tipo por volta de 5000 a.C. Tanto o artesiano quanto o semi-artesiano são chamados tecnicamente de poço tubular profundo. Ambos são escavados por furadeiras gigantes, usando uma broca desenvolvida pela indústria petrolífera.

Outra característica é que vão buscar no subsolo os chamados aquíferos, regiões de alta concentração de água infiltrada em rochas e sedimentos, preenchendo todos os poros e fraturas. Esse processo equivale a uma filtragem natural. “Devido à sua grande profundidade, os aquíferos estão protegidos da contaminação pelo homem e, muitas vezes, não é necessário tratamento antes do consumo”, diz Ricardo.

Pureza das profundezas

Perfuração do solo busca água livre de contaminação

Tubo liso

Conduz a água até a superfície

Cascalho

Usado como pré-filtro, preenche todo o espaço entre as paredes do furo e as do tubo, retendo impurezas e partículas maiores

Continua após a publicidade

Válvula

Controla a vazão natural da água – ou o bombeamento, nos poços semi-artesianos

Bomba

Serve para puxar a água para a superfície, quando a pressão é insuficiente para que isso ocorra naturalmente

Filtros

Tubos de aço furados, como peneiras bem finas para filtrar as impurezas que atravessam o cascalho. É por aqui que a água entra no tubo, além de pela abertura inferior

Aquífero

Zona subterrânea onde os espaços entre os grãos de cascalho, areia, argila ou rocha estão preenchidos por água

Continua após a publicidade
Publicidade