GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Designer cria interruptor de luz para quem tem TOC

Com desenhos e formas fora do padrão, a ideia é simples: enganar o cérebro para forçar as pessoas a nunca esquecerem de apagar as luzes

Você costuma esquecer a luz acesa quando sai de casa? Ou ainda, em casos mais graves, sofre de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e precisa se certificar dezenas de vezes se o interruptor está desligado? Pois uma nova invenção promete ajudar com esse problema.

A designer tailandesa Pakaporn Teadtulkitikul criou um interruptor de luz, o OCD Switch. O nome pega emprestado a sigla em inglês do TOC e trabalha de forma simples: os desenhos são projetados para que, quando a luz estiver acesa, o padrão do interruptor fique desalinhado. Quando desligada, o desenho volta a ficar simétrico.

Confira algumas imagens:

 

 (Pakaporn Teadtulkitikul/Divulgação)

 

 (Pakaporn Teadtulkitikul/Divulgação)

 

 (Pakaporn Teadtulkitikul/Divulgação)

A ideia é usar a tendência do cérebro humano de estar sempre em busca da ordem e pela nossa atração nata pela simetria. Quando observamos algo que nos gera desconforto, nosso cérebro age em resposta. O design proposto pela artista é inspirado em formas geométricas e texturas que são familiares ao cérebro, justamente para ativar tais respostas. Apesar de ainda não ser clinicamente comprovado que o interruptor, de fato, ajuda pessoas com TOC, a intenção era justamente ajudar quem tem esse problema em casa.

O OCD Switch rendeu à designer o prêmio de Conceito no Red Dot Design Award, uma premiação internacional para design de produto e de comunicação. Na página da organização, eles descrevem o interruptor como um bom exemplo de como um produto pode “enganar o cérebro e gerar uma resposta que irá mudar a rotina do usuário”. No caso, uma mudança que pode reduzir a conta de luz no fim do mês – e dar uma pequena sensação de prazer ao ver os desenhos se encaixando perfeitamente.