Clique e assine a partir de 8,90/mês

Menos Lixo

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 19h03 - Publicado em 31 Maio 2004, 22h00

Lia Pimenta

Após ganhar o Prêmio Super no ano passado, a Camargo Corrêa, finalista este ano, continua na batalha para diminuir o impacto da construção de cinco usinas hidrelétricas no Brasil. No último ano, foi criado um pátio de sucatas, que reúne os resíduos das obras. “É importante reaproveitar tudo que é possível”, afirma Maria de Lourdes Küller, consultora ambiental da empresa. As peças de metal que iriam para o lixo acabaram virando um equipamento de hidrossemeadura. Ele lança água com sementes para recuperar as áreas prejudicadas pelas construções.

Publicidade