GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Mexilhões ameaçados

A Marinha australiana trocou os exercícios de guerra por uma missão ecológica: salvar os mexilhões gigantes da ilha Orpheu, perto da cidade de Townsville. Instalados no local por cientistas na década de 1970, os moluscos são vitimas de uma ironia. Somam apenas 45 000, mas sofrem dos males da superpopulação, pois estão concentrados em uma área pequena. “ Crescem tão perto uns dos outros que não aproveitam a luz do sol nem os nutrientes da água” , diz Craig Sambell, do Great barrier Reef, um dos principais parques marinhos da Austrália.
Não bastasse isso, os habitantes da região também se alimentam deles. Para evitar a extinção, os navios levam os mexilhões gigantes a um lugar secreto no Great Barrier Reef, sob supervisão de cientistas da Universidade de James Cook. Cerca de 8 500 conchas já foram transportadas. Restam pouco mais de 35 000 na zona ameaçada.