GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Tubarão devorador de banhistas

Clássico do peixão

Mariana Mello

Há 25 anos que ninguém toma um banho de mar sem uma pontinha de medo. É essa a idade do clássico Tubarão, dirigido em 1975 por um desconhecido de 27 anos chamado Steven Spielberg. Inaugurava-se ali a era dos blockbusters: filmes de ação megalucrativos que interessam à família toda e contam com enormes investimentos em publicidade.

O suspense se passa numa cidade na praia que depende do turismo e vê suas águas invadidas por um tubarão devorador de banhistas. As pessoas vão uma a uma indo parar nas mandíbulas mecânicas do peixão. As imagens do mar tingido de sangue acabaram aumentando desproporcionalmente a péssima reputação dos predadores marinhos. Para tentar reparar o dano, Peter Benchley, o autor do livro que originou o filme, anunciou este ano que virou ambientalista.

Hoje ele protesta contra a violência da caça aos bichos. Tubarão acabou de ser lançado em um DVD que inclui cenas de erros de gravação, bastidores das filmagens e biografias dos protagonistas, Roy Scheider, Richard Dreyfuss e Robert Shaw.