GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como começar uma coleção de selos?

Ela pode ser um hobby ou um investimento. Aprenda 7 passos imbatíveis para mergulhar no assunto!

como-colecao-1 como-colecao-1

Uma coleção de selos pode ser um hobby ou até mesmo um investimento. Se você deseja entrar nesse mundo, separamos sete passos que vão facilitar a sua jornada filatélica:

1. O primeiro passo é, claro, adquirir itens. Revire as correspondências da sua casa e retire os selos dos envelopes. Peça ajuda aos familiares, colegas, amigos… Pode ser que a Tia Zefinha tenha uma caixa de sapatos cheia de cartas antigas, já pensou? Outras fontes fáceis são os Correios e a internet, onde você achará pessoas que compartilham o mesmo interesse – e elas gostarão de ajudá-lo porque também são apaixonadas por isso!

2. Não tenha preconceitos. Aceite selos de todos os formatos, anos, nacionalidades… É a fase da recepção e você pode ainda não saber como vai conduzir sua coleção.

coelho-carta coelho-carta

3. Aprenda a cuidar dos selos. É importante adquirir ferramentas de filatelia, como pinça, lupa e classificador, além de buscar informações específicas – como retirar os selos dos envelopes e o modo certo de guardá-los, por exemplo. Tudo para evitar os danos e deixar a sua coleção sempre intacta.

4. Com uma boa quantidade de selos e o crescente gosto pelo assunto, começa a fase da classificação temática. Há pessoas que os reúnem por países, por ano, por formato, por personagem… Há uma infinidade de temas, deixe sua imaginação fluir.

5. Troque selos. À medida que a sua coleção vai aumentando e você vai conseguindo itens, é natural que apareçam alguns duplicados. Também é possível que alguns deles não sejam interessantes para a temática que você escolheu. É hora de intensificar o contato com outros colecionadores, negociar trocas, compras e vendas.

tio-walter-cartas tio-walter-cartas

6. Estude. Busque livros sobre filatelia, grupos e sites, como nosso especial. Isso ajudará a entender o mundo no qual você está entrando. Assim, você não se sentirá deslocado nos debates com os veteranos. Essa fase também é importante para conhecer o valor monetário de alguns selos e perceber que alguns valem mais do que outros. Lembre-se que há selos que custam milhões.

7. Algumas pessoas vão achar bobagem a sua fissura pelo assunto. Eles não vão entender o tempo que você gasta tentando remover o selo da carta que a Tia Zefinha recebeu nos anos 40. Alguém pode até falar para você desistir. Por isso, o último e principal passo para ser um exímio colecionador de selos é gostar do que se faz. Só você sabe o quanto pode aprender e se divertir com a sua coleção.

joseph-emma-envelope joseph-emma-envelope