GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona a lousa mágica?

Era tudo culpa de um pozinho esperto

Inventada nos anos 50 por André Cassagnes, a Etch A Sketch (Traço Mágico, no Brasil) se tornou um dos brinquedos mais populares de todos os tempos, com mais de 100 milhões de unidades vendidas no mundo. Levado à Feira Internacional de Brinquedos de Nuremberg de 1959, o projeto de Cassagnes não chamou muita atenção dos grandes fabricantes por acharem que ele estava pedindo muito dinheiro pela patente. Mesmo assim, a Ohio Art Company decidiu negociar e pagou US$ 15 mil dos US$ 100 mil pedidos no projeto. Em 1998, ela foi integrada ao Hall da Fama dos Brinquedos.

 (Denis Freitas/Mundo Estranho)

1. Dentro do brinquedo há uma mistura de pó de alumínio e bolinhas de poliestireno. Esse pó adere à tela de vidro, deixando-a com aparência esfumaçada. O desenho é feito criando linhas no pó, ou seja, limpando o vidro

 (Denis Freitas/Mundo Estranho)

2. Os botões estão ligados a polias que, ao girar, mexem cabos que, por sua vez, mexem hastes metálicas. No encontro das duas hastes fica uma caneta Stylus (ou seja, uma ponta de borracha) que toca o vidro e faz o pó desgrudar, formando o desenho. Cada botão controla um eixo (vertical ou horizontal) e toda a área da lousa é desenhável

 (Denis Freitas/Mundo Estranho)

3. Para apagar o desenho, você só precisa virar a tela para baixo. O movimento faz as bolinhas de poliestireno jogarem o pó de alumínio de volta sobre o vidro, aderindo a ele novamente

Sugestão da leitora Gabrielle Gonçalves Carvalho, Jundiaí, SP

FONTES How Stuff Works, Mental Floss, Terra

Newsletter Conteúdo exclusivo para você