GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona o computador?

Neste disco rígido de metal ficam armazenados todos os programas e arquivos de um computador, até o próprio sistema operacional (Windows, Linux etc.). O processo de gravação é feito com base em alterações do campo magnético gerado por microímãs que revestem o HD

BIOS

Gravado em uma memória permanente, o basic input-output system (“sistema básico de entradas e saída”) é o programa que inicializa o computador, checando se está tudo ok com o HD, com a memória RAM, o vídeo etc. O “bip” na hora de ligar é o bios informando que a máquina está em boas condições

BARRAMENTOS DE EXPANSÃO

São componentes que permitem a interligação entre a placa mãe e as placas de vídeo, som, escâner e fax modem. A quantidade de informação que eles transmitem é proporcional à quantidade de pinos

CHIPSET NORTHBRIDGE

Este componente liga o processador ao resto do micro. É formado por dois chips. Este aqui, o northbridge, controla a velocidade com que o processador se comunica com os outros componentes. É um trabalho pesado – por isso, o northbridge aquece muito e precisa de um dissipador de calor

PROCESSADOR

Também conhecido como CPU (central processing unit ou “unidade central de processamento”), este chip de silício é o “cérebro” do computador: ele faz cálculos e determina a capacidade de processamento e os programas que a máquina é capaz de executar

ENTRADAS DE HD, DVD E DISQUETE

São conectores cheios de pinos onde se encaixam os cabos que ligam o HD, os drivers de CD, DVD e disquete à placa mãe

BATERIA DO BIOS

Esta fonte de energia é exclusiva do bios. É ela que mantém a configuração do programa com todos os dados necessários para inicializar o computador corretamente – inclusive a hora e a data, quando o computador está desligado

CHIPSET SOUTHBRIDGE

Segunda parte da conexão entre o processador e os outros componentes, o southbridge controla as ligações com os chamados “dispositivos de entrada ou saída”: HD, drive de CD-ROM, drive de DVD-ROM, teclado, mouse, portas seriais e saídas paralelas

MEMÓRIA RAM

Armazena os dados mais acessados, dando rapidez às operações. Por exemplo, quando entramos no Word ao ligar o micro, o processador “puxa” o programa do HD para a memória RAM. Da segunda vez que entramos no programa, o acesso é muito mais rápido, pois o Word já está na RAM – e lá fica até o desligamento, quando a RAM é apagada