GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona um carro solar

É um carro de corrida, mas não usa gasolina nem diesel, não tem marchas, não tem filtro nem bomba de óleo. E cruza a Austrália gastando o equivalente a 5 litros de gasolina. É difícil acreditar, mas já existem carros solares capazes de fazer isso tudo e, melhor, sem poluir o ambiente. Desde 1992, um grupo de engenheiros brasileiros vem desenvolvendo modelos de carro solar para participar do Desafio Solar Mundial (wsc.org.au), realizado de dois em dois anos na Austrália. A engenhoca que montamos aqui embaixo é uma mistura dos carros produzidos pela Associação Alvorada, a equipe brasileira, e pela equipe Nuon (nuonsolarteam.com), da Holanda, que papou as quatro últimas disputas.

Não pára, não pára, não
Graças às baterias, o carro solar roda à noite, sem parar

FEITO PARA VOAR

A aerodinâmica faz toda a diferença no desempenho do carro solar. O formato estilo asa de avião garante uma resistência ao ar seis vezes menor do que a de um carro normal. Além disso, ele é levíssimo: no máximo 300 quilos, contra 1 410 quilos de um Vectra

A PARTE HUMANA

Seguindo a aerodinâmica do carro, o piloto vai quase deitado, tendo acesso ao painel de instrumentos, onde lê dados de GPS, inclinômetro, velocímetro e sensores de corrente e tensão. E o carro só pode competir se o piloto conseguir deixar o habitáculo em até 15 segundos

SANDUÍCHE DE LUZ

O carro tem cerca de 3 mil células solares, divididas em painéis conectados ao regulador do motor. As células, geralmente feitas de silício, são dispostas como um sanduíche: no lugar do pão, duas mantas de polímero, que protegem as células e diminuem a reflexão da luz solar

SEM RONCO

O motor elétrico, com 2 a 3 HP (o mesmo que um aspirador de pó), fica dentro da roda traseira e funciona convertendo a energia elétrica (gerada pelas células solares) em energia de rotação. Não há marchas, e o motor é silencioso, mesmo no limite de velocidade

PRONTOS PARA DURAR

Especialmente desenvolvidos para carros solares, os pneus são finos (metade da largura do de um carro normal) e têm mínima resistência ao atrito. Eles são inflados com nitrogênio, que se difunde mais lentamente pela borracha do pneu, mantendo a pressão por mais tempo

FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL

A pergunta que os desenvolvedores mais ouvem é: ele anda à noite? Sim, desde que as baterias não estejam descarregadas. Enquanto o carro roda, o excesso de energia luminosa captado pelos painéis solares é armazenado nas baterias, que são recarregáveis como as de celulares