GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona um megashow?

O lugar do show precisa comportar um número grande de pessoas e ser de acesso fácil. O som é a parte mais importante

megashow

1) MUITO CHÃO PELA FRENTE

O lugar do show precisa comportar um número grande de pessoas e ser de acesso fácil. O Rock in Rio de 2011, por exemplo, aconteceu em um espaço de 150 mil m2, sendo 40 mil deles cobertos de grama artificial. Festivais gringos, como o Coachella e o Reading, acontecem em locais afastados do perímetro urbano, mas oferecem áreas de camping que se estendem por quilômetros

2) TRABALHO EM EQUIPE

É preciso uma força-tarefa para montar o palco, arrumar a fiação, ligar os equipamentos etc. No show do Aerosmith em Brasília, em 2013, 1,8 mil profissionais participaram da produção e montagem do evento, que também contou com 400 seguranças particulares

3) OPERÁRIOS DO ROCK

Atrás do palco trabalham os roadies, profissionais que montam, afinam e preparam instrumentos para os músicos, além de outros elementos de palco. Num festival, enquanto uma banda toca, os roadies atrás da cortina já preparam o som da próxima. Cada grupo geralmente traz seus próprios roadies, mas festivais também oferecem uma equipe

Curiosidade:Os kits de bateria são montados sobre plataformas com rodinhas para a troca ser ágil

Curiosidade:Num festival tipo Coachella, o tempo para retirar um equipamento do palco e montar outro é 30 minutos

4) SÓ PROS VIPS

O backstage depende muito do local do show: estádios e arenas costumam oferecer salas para camarim, descanso e alimentação. Em grandes festivais, porém, realizados em áreas rurais, a coisa muda: há tendas para a imprensa trabalhar, estacionamento, trailers dos artistas, restaurantes e lanchonetes (alguns chiques), áreas de descanso e banheiros privados

5) MAESTRO

Geralmente à frente do palco está a mesa de mixagem, protegida por grades ou elevada em uma torre. É ali que trabalha o operador de P.A., que controla a qualidade do áudio. Antes do show, na passagem de som, ele confere se algum instrumento está anulando o outro e se tudo está soando como deveria. Durante o espetáculo, ele é responsável por controlar o volume, os efeitos e o tratamento da música em geral

Veja também
  • query_builder
  • query_builder

6) CONSTRUINDO O ESPETÁCULO

É necessário começar a montar tudo alguns dias antes do show, porque o trabalho é grande. Toneladas de equipamentos são transportadas (a turnê mundial do U2 em 1997 viajou com 500!). Além disso, quilômetros de cabos são usados para ligar os telões e os equipamentos elétricos, e centenas de banheiros portáteis são instalados

7) SOM NAS CAIXAS

O som é a parte mais importante do concerto. O show dos Foo Fighters no estádio de Wembley, em 2008, tinha nada menos que 332 caixas de som de diferentes tipos para atender todo o público, incluindo 120 subwoofers (para os sons graves). O peso de tudo somado chega a centenas de toneladas e o nível de decibéis ultrapassa os 90

8) HORA DA FAXINA

Depois do show, uma equipe entra em ação para recolher o lixo. No Festival de Glastonbury, um dos maiores do mundo, são 800 pessoas para limpar uma área de 3,6 km2. O festival de Bonnaroo produz 500 toneladas de lixo e recicla metade

FONTES Livro Empire of Dirt: The Aesthetics and Rituals of British Indie Music, de Wendy Fonarow; BBC, The Independent, TPI Magazine, Audio Magazine, Performing Musician, WLRN e Urban 75

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Aceito receber ocasionalmente ofertas especiais e de outros produtos e serviços do Grupo Abril.
Política de Privacidade