GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como pode um computador jogar xadrez melhor que um homem?

Não é feitiçaria, é tecnologia

 

Isso aconteceu pela primeira vez em 1997, quando o campeão mundial Garry Kasparov, perdeu uma série de seis partidas para o supercomputador Deep Blue, criado pela IBM especialmente para vencê-lo. Alguns acham que essa é uma prova de que os computadores finalmente se tornaram mais inteligentes que o homem. Mas não é bem assim. Enquanto Kasparov emprega raciocínio, criatividade e intuição, o Deep Blue usou sua poderosa capacidade de processamento para vasculhar um enorme banco de dados pré-programados com inúmeras situações de jogo e partidas de mestres do xadrez. Elas guiavam o Deep Blue em situações similares. Mas, como as possibilidades no xadrez são praticamente infinitas, o computador também teve de recorrer a certos programas de raciocínio lógico. “É um sistema híbrido, que mistura as regras da lógica matemática com o poder de memória”, afirma Anna Helena Reali, especialista em Inteligência Artificial da USP.

LEIA TAMBÉM:

– Retrato Falado: o assassino do xadrez

– Como se define o campeão mundial de xadrez?

– Como se joga boxe-xadrez?

– Quais são os esportes mais sedentários?