Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como são montados os cenários das novelas?

Nos estúdios, madeira substitui cimento e refletores imitam luz do Sol

Por Lorena de Oliveira Atualizado em 4 jul 2018, 20h24 - Publicado em 18 abr 2011, 18h24

novela novela

  • LUZ, CÂMERAS, AÇÃO

    Nos estúdios, madeira substitui cimento e refletores imitam luz do Sol

    PAU PARA TODA OBRA

    A madeira é o material mais utilizado na montagem dos cenários. Para imitar a parede de alvenaria, usam-se uma camada de massa corrida e outra de tinta. Atrás das paredes, do lado de fora, mais madeira para manter o cenário de pé

    DUBLÊ DE SOL

    Sabe aquela cena com um dia ensolarado entrando pela janela? É produto de um poderoso refletor. E, acima do cenário, onde os olhos não alcançam, há vários holofotes para iluminar o ambiente e painéis brancos para rebater a luz e garantir maior suavidade à gravação

    MAIS ESTRANHO QUE A FICÇÃO

    A maior parte da decoração é verdadeira. Mesas, sofás, armários, talheres: tudo é montado no cenário poucas horas antes da gravação. O contra-regra garante que os objetos fiquem no mesmo lugar

    SOM NA CAIXA

    As falas e o som ambiente são captados por um único microfone direcional. Ele é segurado por um técnico acima da cabeça dos atores. Como o microfone é muito sensível, é proibido até cochichar dentro do estúdio

    PONTOS DE VISTA

    No estúdio, o diretor utiliza três câmeras digitais, número ideal para conseguir tomadas diferentes e garantir ângulos que dêem profundidade ao cenário. As câmeras podem correr sobre os trilhos ou ficar em gruas

    AO AR LIVRE

    Para gravar na rua, rola até consulta à previsão do tempo

    Continua após a publicidade

    SÓ TEM FIGURA

    Todas as pessoas, carros, bicicletas e até cachorros que aparecem em uma cena não estão lá por acaso – eles são devidamente colocados. Os figurantes até podem ser selecionados entre as pessoas que estão na rua, mas precisam assinar um papel permitindo a exibição de sua imagem na televisão

    HORA DO ESPANTO

    Em geral, as gravações externas são feitas durante a madrugada ou logo que o dia amanhece. Assim, o diretor evita o horário de maior tráfego de pessoas e carros. Além disso, nesses horários a poluição sonora é muito menor. A meteorologia também é importante para evitar gravar bem na hora em que há previsão de chuva…

    DONO DA RUA

    Para fazer uma gravação em uma rua de qualquer cidade, é necessário pedir autorização à prefeitura, ao Departamento de Trânsito e à Polícia Militar. Com isso, evitam-se imprevistos com o uso de armas e carros em alta velocidade, por exemplo. Toda a área solicitada para as gravações é fechada, inclusive para o trânsito de pedestres

    SOB NOVA DIREÇÃO

    O diretor acompanha toda a gravação de um furgão estacionado próximo à área da cena. Com isso, ele pode seguir toda a cena exatamente como ela vai para a telinha e dizer o que precisa ser mudado ou não. Assim como no estúdio, aqui também ele usa fones para se comunicar com a equipe técnica

    DE OLHO NOS DETALHES

    Também são três câmeras digitais na rua, além de uma portátil, que dá mais liberdade ao diretor. Mas, em vez de serem posicionadas para obter profundidade, na rua as máquinas são dispostas para pegar o maior número de elementos possível da cena. Elas podem ser fixadas sobre trilhos ou em gruas

    TURMA DO BARULHO

    Fora do estúdio, há muito mais barulho e é impossível fazer todo mundo ficar em silêncio. Por isso, além de um microfone direcional, os atores usam microfones escondidos para captar melhor a fala. E, caso algum diálogo não saia como o planejado, os atores podem dublar a si mesmos em um estúdio depois

    AJUDINHA TECNOLÓGICA

    Como o tempo para gravar as externas é curto, se alguma coisa passar despercebida ou não puder ser modificada antes da gravação, entra em ação a computação gráfica. Com a ajuda da tecnologia, pessoas e objetos são retirados da cena e um muro pichado, por exemplo, pode virar uma bela parede branquinha

    Continua após a publicidade
    Publicidade