Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Como seria o sexo em gravidade zero?

Até hoje, ninguém transou no espaço sideral (que se saiba). Mas já existem cientistas pensando nisso...

Por Daniela Fescina Atualizado em 4 jul 2018, 20h13 - Publicado em 4 jan 2017, 17h57
sexo-espac%cc%a7o-1
Marcos de Lima


HOUSTON, TEMOS UM PROBLEMA
Desde 1961, 536 pessoas foram ao espaço. Não há nenhuma confirmação oficial de que algum astronauta já tenha transado por lá – ninguém jamais relatou ter feito. A Nasa não proíbe o sexo, mas, em seu código de conduta para astronautas, diz esperar “relações de confiança” e “padrões de profissionalismo”

sexo-espac%cc%a7o-2
Marcos de Lima

PREPARAR PARA DECOLAGEM
Como a reprodução humana no espaço é algo visto como essencial para a sobrevivência da nossa espécie, o assunto já começou a ser estudado. O 2suit, visto acima, é um traje protótipo criado em 2006 (ainda não testado) para o ato sexual no espaço. Ele possui velcros que podem ser descolados, gerando uma abertura, e conectados aos velcros da roupa do parceiro, fornecendo estabilidade. A roupa precisaria impedir que o casal se separasse durante o ato, além de prover uma abertura para o contato entre os corpos

BEBÊ INCERTO
No início dos anos 90, a Nasa enviou ao espaço exemplares de medusas para estudar sua reprodução. Os filhotes tiveram dificuldade em pulsar e se locomover, pois nasceram com falhas de percepção da gravidade. O mesmo experimento foi feito com ratos, que não foram capazes de se reproduzir na gravidade zero. Por isso, alguns cientistas acreditam que as mulheres se tornariam inférteis no espaço

Curiosidade: Em 2015, o site erótico Pornhub lançou um crowdfunding para fazer um filme de sexo no espaço. Só conseguiu 7% dos US$ 3,4 milhões
FONTE Agência Espacial Brasileira

CONSULTORIA Antonio Gil Vicente de Brum, coordenador do curso de engenharia aeroespacial da UFABC

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência, Mundo Estranho
Como seria o sexo em gravidade zero?
Até hoje, ninguém transou no espaço sideral (que se saiba). Mas já existem cientistas pensando nisso...

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade