GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como surgiu a expressão “tirar água do joelho”?

Não há consenso sobre a origem do termo.

ILUSTRA Gabriel Fagundes

Não há consenso sobre a origem do termo.

Embora seja tipicamente brasileira, a expressão que indica o ato de urinar é praticamente inexplorada em livros sobre locuções populares. E nem mesmo entre filólogos e linguistas existe uma razão definida – principalmente por a expressão estar caindo em desuso. Assim, cabem algumas considerações que podem ajudar na descoberta de uma possível resposta.

É costume na língua portuguesa a criação de eufemismos para suavizar certas ações. Por isso, “tirar água do joelho” seria um jeito de tornar o gesto menos deselegante. O termo também pode ter sofrido influência de dois procedimentos distintos: a retirada médica do líquido sinovial do joelho (responsável por lubrificar a articulação) e a emenda de canos de água, popularmente conhecida como “joelho”.

Além disso, com a construção de mictórios públicos no Rio de Janeiro, na segunda metade do século 19, não era incomum ver alguém “se aliviando”. E, dependendo do ponto de observação, podia-se ter a ilusão de que a pessoa estava, literalmente, tirando água do joelho.

PERGUNTA DA LEITORA Stephani Santos, São Paulo, SP

CONSULTORIA Ari Riboldi, autor do livro O Bode Expiatório 2 – Origem de Expressões e Ditados; Carlos Eduardo Uchôa, professor de linguística da Universidade Federal Fluminense; José Augusto Dias Jr., professor de história contemporânea da Faculdade Cásper Líbero; e Deonísio da Silva, escritor, etimologista e membro da Academia Brasileira de Filologia