Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Existe algum celular que não pode ser clonado?

Impossível, não. Mas, de fato, existem tecnologias que dificultam bastante a ação dos malacos. São os celulares do tipo GSM, aqueles que usam chips, e os do tipo TDMA. A grande vantagem é que tanto o GSM quanto o TDMA só usam a rede digital, em que as informações transmitidas de celular para celular ficam […]

Por Fernando Badô Atualizado em 4 jul 2018, 20h09 - Publicado em 18 abr 2011, 18h47

Impossível, não. Mas, de fato, existem tecnologias que dificultam bastante a ação dos malacos. São os celulares do tipo GSM, aqueles que usam chips, e os do tipo TDMA. A grande vantagem é que tanto o GSM quanto o TDMA só usam a rede digital, em que as informações transmitidas de celular para celular ficam protegidas por um sistema de segurança chamado criptografia. Esse esquema inibe a clonagem porque ele “embaralha” as informações transmitidas, incluindo o número do celular e o código do aparelho que os fraudadores precisam para fabricar um clone. “Já os celulares que usam a tecnologia CDMA são mais vulneráveis”, afirma o engenheiro Paul Jean Etienne Jeszensky, da USP. Isso porque algumas operadoras de CDMA mantêm canais analógicos para facilitar o roaming, a operação do celular fora da sua cidade de origem. No sistema analógico, as informações do celular são transmitidas por ondas de rádio sem a proteção da criptografia. Aí, fica mais fácil para um clonador captar o número e o código do telefone – basta ele usar um escâner de ondas e um radiorreceptor de multifreqüência para “fisgar” a transmissão analógica. Depois, o safado transfere esses dados para um celular sem linha e pronto: está feita a clonagem. “Não fosse essa particularidade, o CDMA seria tão difícil de clonar quanto um GSM ou um TDMA”, diz Paul Jean. Mas isso não quer dizer que o GSM seja imune a clones. Quer um exemplo? Se você levar seu GSM a uma loja de conserto de fundo de quintal, um falsário pode simplesmente copiar o seu chip. Aí, é só ele usar a “xerox” em outro celular e deixar você pagando a conta… 🙂

Escolha o seu alô
GSM é mais seguro, CDMA é mais rápido

VANTAGENS

CDMA – Transmite sinais de voz e dados por um conjunto de freqüências. Isso garante mais banda (espaço) para transmitir dados, permitindo rapidez para trocar músicas e filmes ou acessar a internet

GSM – É mais seguro, já que não opera fora de sistemas digitais, que possuem criptografia de sinal. Como usa um chip, permite que o usuário troque de aparelho e mantenha o mesmo número

DESVANTAGENS

CDMA – Para funcionar fora da área de cobertura, ele pode se conectar a sistemas analógicos. Essa tecnologia é mais antiga que a digital e não possui proteção com criptografia de informações. Prato cheio para clonadores!

GSM – O sistema para o tráfego de dados de computador não é tão eficiente quanto o do CDMA. Se o usuário estiver em uma área não coberta pelo sistema digital de telefonia celular, não conseguirá falar

Continua após a publicidade

Publicidade