GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Existem animais carnívoros que não têm dentes?

Sim, especialmente entre os insetos, aves e anfíbios. Mamíferos são mais raros, mas a gente mostra cinco com táticas bem diferentes para engolir a comida

 (ICO Yuji/Mundo Estranho)

PERGUNTA Odimar Augusto, Tatuí, SP

Sim, vários, e em diversos ramos do reino animal. Entre insetos, aves e anfíbios, por exemplo, há inúmeras espécies carnívoras “desdentadas”. Já entre os mamíferos, os banguelas são raros.

Uma ordem mamífera antiga, que já não é mais considerada, era a Edentata (“sem dentes”, em latim). Ela tinha em seus ramos espécies como a preguiça, o tatu e o porco-formigueiro, que não têm dentes incisores ou molares. Os mamíferos realmente desdentados geralmente comem carnes mais moles, como as de vermes, crustáceos ou insetos, e contam com outras estruturas para macerar a comida. Apesar disso, não estão classificados cientificamente de acordo com essa característica.

Conheça alguns deles abaixo.

Veja também

1) ORNITORRINCO
Este exímio caçador escava as encostas de rios em busca de larvas, vermes e pequenas lagostas de água doce para se alimentar. Na falta de dentes, seu bico abriga placas de queratina que ele usa para mastigar. O ornitorrinco tem ainda outra peculiaridade: é um mamífero venenoso. Esporas em suas patas traseiras inoculam uma substância tóxica que causa extrema dor a humanos.

2) PANGOLIM
É hábil escavador e, assim como o tamanduá, usa a língua pegajosa para capturar cupins e formigas – entre 140 e 200 g por dia. É o mamífero mais traficado do mundo, cobiçado por causa de sua cobertura de escamas de queratina.

3) EQUIDNA
Larvas, vermes e insetos são a base da alimentação desse animal que lembra um porco-espinho. A espécie usa um bico alongado e uma língua com farpas microscópicas para sondar buracos e troncos de árvore. Para processar os alimentos, ela pressiona a língua contra o céu da boca.

4) TAMANDUÁ
Sua língua comprida tem “ganchos” microscópicos que, aliados à saliva espessa, capturam formigas e cupins. Para evitar picadas, ele dá 150 lambidas por minuto. O estômago auxilia no processamento dos insetos com contrações intensas. As presas são trituradas com a areia e a terra que o bicho engole junto.

5) BALEIAS DA FAMÍLIA MYSCETI
Baleias azuis, brancas e bicudas são dessa família. No lugar dos dentes, elas têm cerdas de queratina (que parecem longas barbas) que filtram a água do mar e retêm o alimento. Outras baleias, como orcas e cachalotes, têm dentes.

FONTES Museu de Zoologia da USP; Journal of Mammalogy; livro Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference, editado por Don E. Wilson e DeeAnn M. Reeder

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Edson Elqueaer

    Danilo Cezar Cabral,Acredito que deve-se rever o conceito de “carnívoro” nesse artigo , e se insetos têm carne, e se têm, deve-se rever também o conceito de “carne”.

    Curtir