Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

John Wayne Gacy, o palhaço serial killer

Por trás das máscaras de líder comunitário, homem de negócios e animador de festinhas infantis, se escondia um dos principais serial killers dos EUA

Por Danilo Cezar Cabral
Atualizado em 22 fev 2024, 10h21 - Publicado em 7 out 2016, 17h16

ILUSTRA Eduardo Belga

1) Os pais, Marion e John, marcaram a infância de Gacy, em Chicago. Por ser mais próximo da mãe e das irmãs, o pequeno John Wayne se interessava por cozinha e jardinagem e, por isso, era ridicularizado pelo pai, alcoólatra, na frente de familiares e amigos.

2) Em 1954, Gacy virou escoteiro para agradar ao pai. Uma doença cardíaca congênita, porém, limitava as atividades do garoto, que passou a ser visto como o “doentinho” da turma. Na surdina, John vestia as roupas da mãe para ver como seria em uma versão feminina.

+ Retrato Falado: Pedro Alonso Lopez, o Monstro dos Andes

+ Retrato Falado: Thug Buhram, o indiano que matou 125 em nome da deusa Cali

3) Aos 22 anos, mudou-se para Springfield, no estado de Illinois, onde se casou, em 1964, e teve sua primeira experiência homossexual. Dois anos depois, levou a família para Waterloo, estado de Iowa, onde trabalhou para o sogro como gerente de lanchonete.

4) John convida um garoto, filho de membros da associação comunitária que lidera, para uma sessão de filmes caseira. John embebeda o garoto para receber sexo oral e paga para que se cale. Em 1968, Gacy é denunciado pelos pais do abusado e pega dez anos de prisão.

5) Após 18 meses, Gacy sai do xadrez por bom comportamento, mas perde contato com a ex-esposa e os filhos. De volta a Chicago, para morar com a mãe, abre uma pequena empresa de construção civil e se casa novamente, em 1972. Numa recaída, abusa de outro rapaz – dessa vez, matando-o.

+ Retrato Falado: Rasputin, o misterioso místico que abalou o czarismo na Rússia

+ Retrato Falado: Joseph Vacher, o serial killer francês que morreu guilhotinado

6) Vestido de Pogo, o palhaço, Gacy anima festas e distrai crianças em hospitais. Em 1975, após o segundo divórcio, estupra e estrangula um jovem de 16 anos, iniciando uma série de assassinatos. Estima-se que, até 1978, o serial killer tenha violentado e matado mais de 32 jovens.

7) Em 1978, mata um atendente de farmácia, sem deixar vestígio. Interrogado, Gacy não convence a polícia e passa a ser vigiado. Num jantar oferecido pelo próprio suspeito, os oficiais que o vigiam notam odores estranhos e descobrem várias ossadas enterradas.

Que fim levou?

A alegação da defesa, de que Gacy sofreria de múltiplas personalidades, não colou. O palhaço, condenado à morte em 1980, foi executado com uma injeção letal em 1994.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.