Clique e Assine por apenas 8,90/mês

O que era a Indochina?

Indochina?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 14 fev 2020, 17h51 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49

Era uma região no sudeste da Ásia que foi colônia francesa entre meados do século 19 e meados do século 20. Ela englobava três países atuais: o Vietnã, o Laos e o Camboja. O nome Indochina surgiu porque essa região fica justamente espremida entre duas grandes culturas asiáticas, a indiana (a oeste) e a chinesa (ao norte). Essas duas civilizações milenares tiveram forte influência sobre a vida e os costumes dos vários reinos que governavam a Indochina antes da expansão colonial européia. O domínio francês no território, visando a extração de matérias-primas como a borracha, estabeleceu-se gradualmente entre 1858 e 1893. No século 20, a região seria palco de vários acontecimentos polêmicos. No início da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), por exemplo, o avanço japonês na área levou o governo dos Estados Unidos a congelar todos os bens nipônicos em território americano. Um mês depois, os japoneses atacariam a base ianque de Pearl Harbor, colocando os dois países em guerra. Entre 1955 e 1975, seria a vez de a Indochina se transformar em cenário de outro importante conflito do século 20: a Guerra do Vietnã, que opôs os Estados Unidos ao Vietnã do Norte. Foi só após o final desse confronto que as fronteiras da região finalmente adquiriram o formato atual, dividindo-se em três países – Vietnã, Laos e Camboja.

Pra lá da Cochinchina Região foi dominada por franceses e japoneses, além de ter sido cenário da Guerra do Vietnã

Idade Média

Até o fim da Idade Média (século 15) a região do Sudeste Asiático que mais tarde se transformaria na Indochina é uma área dominada por vários pequenos reinos locais. Há, por exemplo, a civilização Champa e o estado Annan (que dominam a maior parte do atual Vietnã) e o império Khmer (no atual Camboja)

Séculos 16 a 19

Continua após a publicidade

Os europeus começam a entrar na região no século 16, num processo que duraria 300 anos. No século 19, os franceses dominam totalmente a porção mais ao sul do atual Vietnã, chamada Cochinchina. O resto da Indochina é controlado por um governo central francês, mas os antigos reinos locais ainda têm alguma autonomia

1941

Em 1941, durante a Segunda Guerra, os franceses perdem a região para as tropas japonesas. Na época a França estava sob domínio da Alemanha nazista e não ofereceu grande resistência. Parte da administração da Indochina, principalmente áreas do Camboja e do Vietnã, os japoneses delegam à aliada Tailândia

1945

Continua após a publicidade

Quando os japoneses se rendem no final da Segunda Guerra, a estrutura colonial da região começa a desmoronar. No norte do atual Vietnã, o líder nacionalista e comunista Ho Chi Minh anuncia a criação da República Democrática do Vietnã. As monarquias do Laos e Camboja hesitam em fazer o mesmo e esses territórios são reocupados pela França

1946

A França não aceita a independência do norte do Vietnã e tem início a Primeira Guerra da Indochina. O conflito acaba em 1954 com vitória das tropas de Ho Chi Minh. No acordo de paz, o Vietnã é dividido em dois países, o do Norte e o do Sul. Aproveitando-se da derrota francesa, Laos e Camboja também conseguem se livrar do domínio colonial

1955

Continua após a publicidade

A paz na região dura pouco. Os Estados Unidos, que apoiaram a França para conter o avanço do comunismo na Ásia, entram em confronto com o Vietnã do Norte, dando início à famosa Guerra do Vietnã. O conflito termina em 1975 com mais uma vitória de Ho Chi Minh e a unificação do Vietnã (incluindo a Cochinchina) num só país

Publicidade