Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

O significado secreto das cores em “Aladdin”

Você já deve ter visto esse clássico várias vezes. Mas nunca notou que ele tem um código cromático

Por Marcel Nadale Atualizado em 4 jul 2018, 20h24 - Publicado em 17 set 2015, 16h04

AZUL = BOM

Como a história se passa na escaldante Arábia, os produtores concluíram que a água era o elemento mais precioso. Como ela é colorizada com azul, tudo que tivesse esse tom predominantemente seria “do bem”. Exemplos:Aladdin, a Caverna das Maravilhas, o Gênio e o tapete mágico

VERMELHO = MAU

O oposto de uma cor fria, como o azul, seria uma quente, como o vermelho. Por isso, tudo nessa cor é maligno, como Jafar, Iago e o “Gênio-Jafar”. Os produtores achavam que esse esquema de cores ajudaria a explicar a trama no subconsciente do público

AMARELO = NEUTRO

No deserto, o que mais existe é areia. Ela não é necessariamente algo ruim, mas também não é boa. Então, como seria pintada com amarelo, tudo que fosse neutro (ou ambíguo) levou essa cor: a lâmpada mágica, o Sultão, o tigre Rajá, o Príncipe Ali…

Continua após a publicidade
Publicidade