Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que a potência de um motor é medida em cavalos?

Antes do motor a vapor, essa tarefa era feita por cavalos que, por meio de um sistema de cordas e roldanas, puxavam baldes cheios do produto.

Por Redação Mundo Estranho
Atualizado em 22 fev 2024, 10h58 - Publicado em 18 abr 2011, 18h56

Por causa do trabalho realizado pelos cavalos nas minas de carvão inglesas do século XVIII. Os donos dessas minas foram os primeiros clientes dos fabricantes de motores movidos a vapor. Essas engenhocas acionavam máquinas que transportavam carvão do interior da mina até a superfície.

Antes do motor a vapor, essa tarefa era feita por cavalos que, por meio de um sistema de cordas e roldanas, puxavam baldes cheios do produto. Portanto, nada mais natural que comparar a força dessas máquinas à dos eqüinos. A idéia foi do inventor escocês James Watt, que, no final do século XVIII, trabalhou no desenvolvimento desse tipo de motor. Ele calculou que, em média, um cavalo conseguia subir 100 quilos de carvão a uma certa altura por minuto. Na hora de generalizar a medida, ele aumentou a carga em 50% e instituiu a unidade de “um cavalo de potência” como a força necessária para levantar 150 quilos por 30 metros de altura em um minuto.

A unidade pegou e atravessou os séculos com a sigla HP (de Horse-Power, ou “Potência de Cavalo”, em inglês).

A unidade HP é equivalente à força necessária para erguer a 30 metros de altura um balde com 150 quilos de peso em um minuto. Ela foi baseada no trabalho feito por cavalos em antigas minas de carvão.

Continua após a publicidade

Os cavalos dormem em pé?

Ainda existem cavalos selvagens?

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.