Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que fechamos os olhos quando espirramos?

Por Rodrigo Ratier
Atualizado em 4 jul 2018, 20h11 - Publicado em 18 abr 2011, 18h50
Sneeze_in_white_hankie

– Qual é a diferença entre gripe e resfriado?

– Como a gripe se espalha pelo mundo?

– E se… houvesse uma epidemia mundial de gripe?

Continua após a publicidade

Por puro reflexo. O espirro é uma reação tão violenta que leva quase todos os músculos da face a se contraírem. É por isso que, mesmo que a gente não queira, as pálpebras se fecham na hora do atchim. “Pode tentar: é quase impossível espirrar de olho aberto”, diz o otorrinolaringologista Gilberto Sitchin, do hospital São Luiz, em São Paulo. Para o organismo, espirrar é bom, porque o sopro elimina impurezas e limpa s partículas de poeira que aderem ao nariz, melhorando a filtragem do ar. Geralmente, soltamos os nossos atchins toda vez que uma substância prejudicial ao organismo, como pó, ácaros, vírus ou bactérias, entram em contato com as terminações nervosas do nariz. O cérebro, depois de receber esse estímulo, faz com que os pulmões e os músculos responsáveis pela respiração formem um minifuracão para expulsar as partículas agressoras. Alguns espirros, porém, não são mecanismos de defesa. Já reparou como muita gente tem acessos quando olha para uma luz intensa? Os cientistas suspeitam que esse tipo d espirro seja uma resposta do sistema nervoso parassimpático (que comanda os atos involuntários do organismo, como as batidas do coração) a uma luminosidade excessiva. Tem algum jeito de barrar esse vendaval particular? Bom, Kayky, em certas ocasiões, um aperto forte no nariz interrompe os impulsos nervosos que desencadeiam o atchim. Se você não quiser espirrar, é melhor impedir que o sopro se forme do que segurá-lo. “Quando seguramos o espirro, aumentamos subitamente a pressão em áreas do ouvido ligadas ao nariz. Nos casos mais graves, isso pode até romper o tímpano. Sem contar o risco de os ouvidos ficarem cheios de catarro e mais sujeitos a infecções”, diz Gilberto.

Vendaval nasal

Jato de ar e gotículas saem da boca e do nariz a até 160 km/h

Continua após a publicidade

1. O espirro começa quando o ar está impregnado de substâncias que irritam nosso organismo, como partículas de poeira, cheiros muito fortes ou vírus e bactérias. Quando essas partículas entram pelo nariz, as terminações nervosas das narinas avisam ao cérebro que é preciso expulsar o “inimigo”

2. Após receber a mensagem das terminações nervosas, o cérebro organiza um contra-ataque para eliminar as partículas invasoras. Seguindo as ordens recebidas, os pulmões se enchem de ar e os músculos responsáveis pela respiração, como os do abdômen e do tórax, se contraem

3. O movimento muscular faz com que uma coluna de ar saia com força dos pulmões. Quando o sopro chega à boca e ao nariz, ele se junta às gotículas de saliva e à secreção nasal. Essa mistura que forma o espirro pode alcançar até 160 km/h ao ser expelida

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.