GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que o fogo pode ter várias cores diferentes?

A cor do fogo depende da temperatura em que ele queima

Porque a cor do fogo depende da temperatura em que ele queima e, geralmente, cada parte da chama tem uma temperatura diferente. A cor do fogo, na verdade, é resultado da cor da luz que ele emite. Essa luz é formada por fótons, partículas muito pequenas que se comportam como uma onda eletromagnética. Dependendo do comprimento dessa onda, ela terá uma coloração diferente.

O tamanho da onda, por sua vez, depende da quantidade de energia que ela carrega: quanto mais energia, mais curta é a onda. As ondas “menores” são azuis, enquanto ondas “maiores” são vermelhas. A base da chama de uma vela, por exemplo, tem muito calor e forma ondas de luz com muita energia, mais curtas e mais azuladas. A parte alta tem menos calor, portanto forma ondas com menos energia, mais longas e mais avermelhadas.

Alguns combustíveis específicos podem acrescentar novas cores às chamas. Quando o interior do seu fogão está sujo, por exemplo, o fogo dele pode ficar verde por causa da sujeira, o que pode ser perigoso. Já o metanol, combustível usado pelas equipes da Fórmula Indy, tem uma chama invisível. Para poder combater os eventuais incêndios nos boxes, as equipes acrescentam algumas impurezas no combustível, que deixa de ser incolor.

Chama acesa
O fluxo de ar ao redor da vela colore os diferentes tons da chama• Quando acendemos o pavio, começa uma reação de combustão. O barbante, que é o combustível (e não a parafina, como muita gente pensa), queima na presença de oxigênio, o comburente. O produto da reação são vapores de água e gás carbônico, mais energia sob a forma de calor

• Os gases que se formam com a reação, mais quentes e menos densos, tendem a subir, criando uma corrente de ar para o alto ao redor da chama. O ar que vem de baixo está cheio de oxigênio, enquanto na parte de cima da chama ele está saturado do gás carbônico que acabou de se formar na combustão

• O efeito é o mesmo que soprar uma churrasqueira. O ar que vem por baixo oxigena a combustão, que gera mais calor (cerca de 1 400 ºC), formando uma luz azul. Em cima, com pouco oxigênio e muito gás carbônico, a combustão é mais fraca, a temperatura menor (800 ºC) e a luz amarelada, quase vermelha

GRAVIDADE ZERO

Num ambiente sem gravidade não existe força para puxar os gases mais densos para baixo e deixar os mais leves subir. Aí não rola aquela corrente de ar ao redor da vela. Assim, o oxigênio e o gás carbônico se espalham uniformemente em todas as direções, criando uma combustão homogênea ao redor do pavio, com essa chama redonda

Viu essa?
Nem tudo que é luz a gente vê! Algumas ondas são “invisíveis” ao olho humanoDependendo do comprimento da onda em que a energia se propaga, nossos olhos “vêem” ou não – o infravermelho e o ultravioleta passam batido para a visão humana. A faixa ao lado mostra o tamanho de vários tipos de onda