GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que os cachorros fedem tanto quando ficam molhados?

72317520 72317520

72317520 (/)

A gente não quer te assustar, mas a resposta é meio nojenta: o “cheiro de cachorro molhado” é o resultado de uma reação química da água com algumas secreções malcheirosas produzidas pelos cães. “Quando eles se molham, essas secreções se diluem pelo corpo. Quando elas evaporam, nossas narinas entram em contato com o odor desagradável”, afirma o veterinário Gelson Genaro, especialista em fisiologia e comportamento animal. Além dessa, existem também outras razões para a fedentina. “Os cachorros possuem muitos fungos e bactérias na pele. Se depois do banho eles ficam com o pêlo úmido, pode haver uma predisposição a infecções que provocam cheiro ruim”, diz a veterinária paulista Ângela Velloso Braga Yazbek. Por isso, vale o conselho: para evitar que o animal fique com um odor barra-pesada, é preciso secar bem o pêlo com a toalha e, em seguida, com o secador – com cuidado para não queimar o bichinho…

Cheiro cu-ri-o-so! Glândulas perto do * soltam líquido que gera o odor

1. Os cachorros possuem glândulas em certas partes do corpo – como a ad-anal, perto do ânus, que liberam uma secreção gordurosa e fedorenta para marcar o território do animal

2. Quando os cachorros são molhados, a água se mistura a essas secreções, diluindo-as e espalhando-as em outras partes do corpo

3. Se o cachorro não for bem seco, a água, ao evaporar, leva consigo moléculas das secreções. É o que nossas narinas reconhecem como cheiro de cachorro molhado