Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Por que os presidiários são representados usando roupas listradas de preto e branco?

Porque esse uniforme surgiu na mesma época em que foi criado o sistema penitenciário moderno, nos Estados Unidos, no final do século 18. Apesar de não ser obrigatório por lei, ele logo foi adotado como forma universal de identificação dos presos. Acreditava-se que, por ser uma roupa pouco comum, as listras atrapalhariam as fugas, tornando […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h25 - Publicado em 18 abr 2011, 18h54

Porque esse uniforme surgiu na mesma época em que foi criado o sistema penitenciário moderno, nos Estados Unidos, no final do século 18. Apesar de não ser obrigatório por lei, ele logo foi adotado como forma universal de identificação dos presos. Acreditava-se que, por ser uma roupa pouco comum, as listras atrapalhariam as fugas, tornando difícil para o prisioneiro se misturar com outras pessoas e deixando-o visível tanto em paisagens claras como escuras. Já o formato horizontal em pelo menos uma das peças foi escolhido para evitar que o presidiário se camuflasse entre as barras da cadeia. Mas existe também um antecedente histórico para a escolha desse modelo de roupa. “As listras tradicionalmente eram usadas para identificar classes marginalizadas. Na Idade Média, elas eram uma espécie de símbolo das prostitutas.

Depois, foram usadas pelos marinheiros, que tinham fama de libertinos”, afirma o estilista João Braga, professor de História da Indumentária do Serviço Nacional de Aprendizado Comercial (Senac), em São Paulo. No final do século 19, com os movimentos de humanização das prisões, o uniforme foi abandonado, mas a simbologia da roupa listrada ficou no imaginário popular. Nos últimos dez anos, porém, algumas prisões tiraram esse tipo de traje do armário.

Publicidade
Cultura, Mundo Estranho
Por que os presidiários são representados usando roupas listradas de preto e branco?
Porque esse uniforme surgiu na mesma época em que foi criado o sistema penitenciário moderno, nos Estados Unidos, no final do século 18. Apesar de não ser obrigatório por lei, ele logo foi adotado como forma universal de identificação dos presos. Acreditava-se que, por ser uma roupa pouco comum, as listras atrapalhariam as fugas, tornando […]

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade