GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que respondemos “obrigado” com “de nada”?

"Obrigado" vem do latim "obligare", que significa "responsabilizar", "dever"

Para entender o porquê, é preciso explicar de onde vêm as expressões. A origem do agradecimento é obscura, mas houve um tempo em que, quando alguém recebia um favor ou um presente, era obrigatório retribuir. Assim surgiu o “obrigado” – e, mais tarde, sua variação no feminino. Ele vem do verbo em latim obligare, que significa “responsabilizar”, “dever”. Por isso, quando alguém nos agradece, é como se dissesse “fico devendo uma obrigação”. Por educação, quem presta um favor responde “de nada”, que significa “de modo nenhum” e vem do latim rem natam. Aqui no Brasil, o regionalismo acabou dando origem a novas formas de dizer o mesmo, como “imagina”, “não há de quê” e outras mais informais e recentes, como “falou” e “valeu”. Independentemente da versão escolhida, quando respondemos ao “obrigado” com expressões do gênero, estamos dizendo que “de modo nenhum você é meu devedor”, “você não é obrigado a nada”.

CONSULTORIA: Márcio Cotrim, autor da coluna “O berço da palavra”, no jornal Correio Braziliense, e José Augusto Carvalho, doutor em linguística pela Ufes e autor de Gramática Superior da Língua Portuguesa

FONTE: Dicionário Etimológico Nova Fronteira, de A.G. Cunha