GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quais foram as tribos mais poderosas dos EUA?

Listamos algumas tribos de respeito

 (Divulgação/Wikimedia Commons)

Ao longo da história americana, sobretudo no século 19, à época do Velho Oeste, os valentes povos sioux e apache se destacaram pela resistência à invasão dos europeus. Porém, é praticamente impossível estabelecer, de fato, quais tribos foram “as” mais importantes. “Dentre centenas de tribos que habitavam a América do Norte na época da colonização, listar apenas algumas sempre gera discordâncias”, explica Colin Calloway, historiador especialista em nativos americanos do Darthmouth College, nos EUA.

Mesmo fazendo a ressalva, o estudioso nos ajudou a montar uma linha de frente com os povos que deixaram sua marca nos EUA, enquanto sua terra natal ia sendo violentamente demarcada – atualmente, essas tribos vivem em reservas que nem de longe correspondem ao território que ocupavam originalmente.

GUERREIROS BONS DE BRIGA

Os povos mais importantes na desigual luta dos indígenas americanos contra a invasão dos colonizadores brancos

APACHE

Ao lado dos sioux, os apaches foram os que resistiram à dominação dos colonizadores por mais tempo. Dividiam-se em várias tribos pequenas e nômades, não passando muito tempo no mesmo local. Só se renderam mesmo quando 5 mil soldados dos EUA cercaram o grupo de 50 guerreiros comandados por Gerônimo

COMANCHE

Os corajosos caçadores de búfalos não combateram apenas os EUA, chegando a travar brigas feias com espanhóis e com os apaches. Adquiriram cavalos dos desafetos espanhóis e desenvolveram técnicas de combate a galope para atacar os inimigos

CREEK

Foi a primeira tribo “civilizada” pelos esforços de George Washington – primeiro presidente dos EUA. Os creeks mantinham comércio intenso com os britânicos e travaram longas guerras para proteger o território contra os invasores

NAVAJO

Exímios caçadores, também combateram os invasores espanhóis e americanos com arcos e flechas. Com 220 mil integrantes, os navajos são hoje a segunda nação indígena mais populosa dos EUA, controlando a maior reserva do país, com o tamanho da Irlanda

PUEBLO

O povo pueblo era bastante hábil no uso do barro, utilizado na construção de vasos e habitações. Suportaram a colonização de espanhóis, mexicanos e americanos, sendo uma das poucas tribos que continuam ocupando as áreas povoadas originalmente

CHEROKEE

Maior população indígena dos EUA hoje, com quase 310 mil membros, a nação cherokee acabou incorporando muitos costumes dos colonizadores europeus. Por causa disso, eram conhecidos à época como uma das “Cinco Tribos Civilizadas”

IROQUOIS

Formavam uma confederação de seis nações indígenas, vivendo democraticamente sob um mesmo governo. Mais tarde, Benjamin Franklin se inspirou no modelo da nação iroquois para elaborar a Constituição dos EUA

CHOCTAW

Também fazia parte das “Cinco Tribos Civilizadas”, ao lado de cherokees e creeks, citados em nossa lista, e dos povos chickasaw e seminole. Tiveram suas terras desapropriadas para o cultivo de algodão e para habitação dos escravos empregados na lavoura

SIOUX

Formada por índios dakotas, entre outros povos, a grande nação sioux – que significa homens-búfalo – foi a mais aguerrida na defesa de seu território. Como na famosa batalha de Little Bighorn, em 1876, quando, sob o comando do chefe Touro Sentado, liquidaram a 7ª Cavalaria do general Custer

BLACKFOOT

Os mocassins com sola preta que calçavam lhes renderam o apelido de blackfeet – “pés pretos”, em inglês. Se valiam de uma agressiva cavalaria, equipada com armas de fogo, para dominar tribos vizinhas e tocar o terror contra os invasores de pele branca

CHIPPEWA

Viver à beira dos Grandes Lagos especializou a tribo na pescaria, mas não diminuiu seu poder de fogo. Lutaram ao lado de franceses contra outros indígenas e deram uma força aos ingleses que batalhavam contra a ex-colônia que já se chamava Estados Unidos

MANDAN

Mais pacíficos, se dedicavam à agricultura. Não à toa, suas vilas tornaram-se grandes centros para comércio de artigos hortifrútis. Como várias tribos, sofreram com epidemias de varíola que dizimaram grande parte da população no século 19

Veja também