Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Quais são as flores mais raras do mundo?

Conheça algumas orquídeas, petúnias e outras espécies incrivelmente raras - e nem sempre bonitas...

Por Bruna Estevanin Atualizado em 4 jul 2018, 20h23 - Publicado em 19 fev 2016, 16h38

PERGUNTA Matheus Augusto, Ribeirão Pires, SP

1. Bico de Papagaio

ESPÉCIE Lotus berthelotii
ONDE Ilhas Canárias
Apesar de conhecida no Brasil, é extremamente rara na natureza. Ela teria sido originalmente polinizada por pássaros já extintos das Ilhas Canárias, o que ajuda a explicar sua escassez

2. Petúnia Vermelha

ESPÉCIE Petunia exserta
ONDE Brasil
Descoberta apenas em 2007, ela é o único tipo de petúnia polinizado por beija-flores. Sua propagação é muito difícil, porque a espécie se reproduz mais facilmente com outras variações de petúnias do que com ela própria

3. Kokio

ESPÉCIE Kokai cookei
ONDE EUA
Em 1978, a única sobrevivente da espécie foi destruída em um incêndio. Felizmente, um ramo foi salvo e enxertado em 23 árvores, que estão hoje espalhadas pelo Havaí

  • Relacionadas
  • 4. Sapatinhos de Senhora

    ESPÉCIE Cypripedium calceolus
    ONDE Europa e leste asiático
    Existem muitos tipos dessa orquídea, mas a maioria está em extinção devido à contínua redução do seu habitat. Uma muda pode chegar a custar até cerca de US$ 5 mil nos EUA!

    5. Vine Jade

    ESPÉCIE Strongylodon macrobotrys
    ONDE Filipinas
    Como resultado da destruição do seu habitat e, consequentemente, dos seus polinizadores naturais, a espécie hoje é extremamente difícil de propagar e está em extinção

    • Relacionadas
  • 6. Orquídea Fantasma

    ESPÉCIE Epipogium aphyllum
    ONDE Inglaterra
    Pode viver no subsolo por anos sem dar sinais de vida e florescer inesperadamente. A espécie não faz fotossíntese nem fabrica seu próprio alimento, precisando da ajuda de um fungo específico em contato com sua raiz para fornecer nutrientes

    Continua após a publicidade

    7. Franklin Tree

    ESPÉCIE Franklinia alatamaha
    ONDE EUA
    Foi completamente extinta do seu habitat desde o início do século 19. Atualmente, é cultivada apenas por horticultores e criações comerciais

    8. Chocolate Cosmos

    ESPÉCIE Cosmos atrosanguineus
    ONDE México
    A espécie está extinta na natureza há mais de 100 anos. Em 1902, um clone foi reproduzido por propagação vegetativa e ela foi novamente introduzida ao cultivo

    9. Gibraltar Campion

    ESPÉCIE Tomentosa silene
    ONDE Gibraltar
    Até 1992, todos os vestígios da flor tinham desaparecido, até que, dois anos depois, um único exemplar foi descoberto na reserva natural de Gibraltar. Desde então, essa espécie, que só cresce em afloramentos rochosos, está sendo reintegrada ao meio ambiente

    10. Middlemist Vermelha

    ESPÉCIE Middlemist camelia
    ONDE China
    Foi trazida à Grã-Bretanha em 1804 e, desde então, totalmente dizimada no país de origem. No território britânico, permaneceu estéril durante anos e só começou a florescer recentemente

    • Relacionadas
  • 11. Flor-cadáver

    ESPÉCIE Amorphophallus titanium
    ONDE Sumatra
    Famosa por ser a flor mais fedida (e alta) do mundo, ela é natural das florestas tropicais de baixa altitude da Indonésia. A planta, que na verdade é uma inflorescência (um talo com muitas flores), normalmente precisa de pelo menos sete anos para florescer, podendo demorar ainda mais tempo

    12. Flor-Monstro

    ESPÉCIE Rafflesia arnoldii
    ONDE Indonésia
    Não tem caule, folhas ou raízes, nem realiza fotossíntese. A sobrevivência da espécie depende de uma videira específica chamada tetrastigma, que oferece nutrientes e suporte

     

    FONTES BBC, The Guardian, Fine Gardening, International Plant Protection Convention, International Union for the Protection of New Varieties of Plants e NATIONAL GEOGRAPHIC

    Continua após a publicidade
    Publicidade