GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual é a coisa mais nojenta do mundo?

De acordo com pesquisadores ingleses, uma gengiva humana apodrecida e infestada de larvas de moscas é a coisa mais nojenta que existe

Nojento Nojento

De acordo com pesquisadores ingleses, uma gengiva humana apodrecida e infestada de larvas de moscas é a coisa mais nojenta que existe. A London School of Hygiene and Tropical Medicine realizou um experimento online no qual voluntários se defrontavam com imagens nojentas e tinham que classificá-las numa escala de 1 (nada nojento) a 5 (muito nojento). A gengiva apodrecida levou o troféu. “A foto das gengivas infectadas com vermes é a representação mais clara de uma invasão parasita, e as pessoas instintivamente querem evitar isso”, explica Valerie Curtis, uma das responsáveis pela pesquisa. Mas, se você havia pensado em algo como a cueca suada do seu professor de matemática, isso ocorreu porque o nojo também está ligado a questões sociais. “O nojo evoluiu culturalmente de um sistema que defendia o corpo para um sistema que defende a própria alma”, argumenta o psicólogo da Universidade da Pensilvânia Paul Zonin. Em outras palavras, a cueca do seu professor fere a sua alma.

Nojeiras ilimitadas

Algumas coisas asquerosas que se escondem no nosso dia a dia

Me tirem daqui

Os resultados da pesquisa conduzida por Valerie Curtis classificaram um trem lotado como objeto mais nojento. Isso porque instintivamente tentamos evitar objetos (e lugares) que possam nos transmitir doenças. Um vagão lotado, com pouca circulação de ar, é o mais comum e repulsivo desses ambientes

Bomba fedorenta

Um centro de pesquisas nos EUA desenvolveu uma arma não letal à base do cheiro mais nojento do mundo. Os pesquisadores analisaram odores como cabelo queimado, fezes humanas e carne podre, separaram os componentes químicos de cada cheiro e juntaram tudo numa bufa só. O resultado é um explosivo de efeito moral que dispersa multidões na hora

Aroma natural de bunda de bicho

A indústria de alimento dos EUA costuma utilizar uma substância chamada castoreum para substituir naturalmente o gosto e o aroma de baunilha. A parte nojenta? Castoreum é um composto químico produzido entre a pélvis e o ânus de castores e muitas vezes vem combinado com secreções anais e urina