Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Qual é a origem da suástica, o símbolo nazista?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h11 - Publicado em 18 abr 2011, 18h58
suástica

Não se sabe exatamente qual foi o povo que usou esse sinal pela primeira vez, mas é certo que ele tem origem muito antiga, de pelo menos 5 mil anos. A palavra em si vem do sânscrito svastika, que significa “condutora do bem-estar”. Conhecida como símbolo de boa sorte pela maioria das culturas, a suástica ornamentava as moedas da Mesopotâmia 3 mil anos antes de Cristo e também aparecia na arte de povos como os bizantinos e os primeiros cristãos. Os índios maias, da América Central, e os navajos, da América do Norte, também a retrataram – e ainda hoje ela continua a ser usada como símbolo de fortuna pelos hindus. Existem dois tipos de suástica: uma com os braços virados em sentido horário, outra voltada para o sentido oposto. Essa última, tida como noturna, seria usada em rituais de magia negra. A primeira – considerada um símbolo solar e, portanto, diurno – é a da boa sorte.

Quando foi fundado o Partido Nacional-Socialista alemão, em 1920, a suástica solar foi adotada como seu emblema principal por sugestão do poeta Guido von List. Com o fim da Segunda Guerra, em 1945, o símbolo foi oficialmente aposentado, mas continua sendo usado por grupos neo-nazistas.

Leia também:

– O que foi o julgamento de Nuremberg?

– Caça aos Nazistas: O exílio do Doutor Morte no Egito

– Qual era o prato preferido de diversas figuras históricas?

Continua após a publicidade

Publicidade