Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Qual é o recorde de frio no Brasil? E de calor?

Spoiler: não foi em Curitiba

Por Felipe B. Cruz - Atualizado em 14 fev 2020, 17h35 - Publicado em 19 jul 2017, 12h23

Foram -11,1 °C e 44,7 °C. Isso segundo o Inmet, pois as medições variam de acordo com o instituto.

A mais baixa foi registrada em Xanxerê, Santa Catarina, em 20 de julho de 1953. A “friaca” foi resultado de uma massa polar muito intensa que atingiu a região. Já a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) diz que esse recorde pertence a Caçador, onde fez -14 ºC em 1952 (para o Inmet, a termômetro estava um pouquinho acima).

Já o pico de calor é uma unanimidade entre os centros de pesquisa: foi em Bom Jesus do Piauí, no Piauí, em 21 de novembro de 2005: 44,7 ºC.

Conhecida pela fama de fria, Curitiba, no Paraná, possui uma vizinha bem mais quente. A 90 quilômetros da capital do estado está a cidade de Antonina, que no final de 2018 registrou sensação térmica de impressionantes 81oC.

Continua após a publicidade

No dia 18 de dezembro de 2018, o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) divulgou que os termômetros da cidade atingiram uma máxima próxima ao do recorde de Bom Jesus: 44,3ºC. A sensação térmica é medida usando variáveis como a velocidade do vento e a umidade do ar. Quanto maior a umidade, maior será a sensação de calor.

ALTOS E BAIXO
Outros registros assustadores de frio e calor no Brasil

Mundo Estranho

FONTES Ciram/Epagri, Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet); Somar Meteorologia e Organização Meteorológica Mundial (OMM)

Pergunta do leitor João Vitor Miyao Camilotti, Barra do Jacareí, PR

Publicidade