Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Qual foi a maior batalha do continente americano?

Entre 1º e 3 de maio de 1863, 134 mil combatentes dos estados do norte enfrentaram 61 mil separatistas do sul em Chancellorsville, Virgínia

Por Redação Mundo Estranho
Atualizado em 22 fev 2024, 11h35 - Publicado em 3 jun 2009, 19h01

A FERRENHA BATALHA DE CHANCELLORSVILLE

O conflito que envolveu mais pessoas no continente – 195 mil – rolou na Guerra Civil Americana. Entre 1º e 3 de maio de 1863, 134 mil combatentes dos estados do norte enfrentaram 61 mil separatistas do sul em Chancellorsville, Virgínia. Vitória dos sulistas. Ao menos nessa batalha – ao final da Guerra Civil, os nortistas da União saíram vencedores

INFANTARIA PACIENTE

Para cada tiro, era preciso desembrulhar um cartucho, despejar e socar pólvora no cano antes de carregar o projétil. Os sortudos que não fossem baleados durante a recarga podiam acoplar uma baioneta no rifle para espetar inimigos próximos

CRAQUES DA ARTILHARIA

Os primeiros ataques costumavam partir de canhões capazes de atingir alvos a quase 2 km de distância. Embora os tiros não fossem lá tão precisos, os confederados acertaram um disparo precioso contra um alojamento da União, ferindo e abalando o líder inimigo, o general Joseph Hooker

VÍTIMAS DA MODA

Os soldados da União, uniformizados de azul escuro, eram mais bem equipados do que os confederados, que lutavam até com roupas comuns, na falta do uniforme cinza. Apenas a cartucheira de couro recheada com balas e pólvora para carregar rifles e revólveres era indispensável

CAVALARIA BEM ARMADA

Do alto das selas, os cavaleiros tinham uma visão privilegiada e podiam explorar o terreno locomovendo-se rapidamente de um flanco a outro das linhas de combate.Levavam sabre, revólver e uma carabina a tiracolo

CONFEDERADOS DO SUL

Os estados do sul, mais agrícolas e conservadores, defendiam a escravidão e queriam se separar da União Presidente Jefferson Davis Capital Richmond, Virginia

Continua após a publicidade


PERDAS E DANOS

Houve empate técnico em número de mortos (mais de 3 200, no total), mas a União teve mais soldados feridos e capturados (15 mil contra 10 mil). Os confederados tiveram uma perda de peso: o general Thomas Jackson

RITMO DE GUERRA

Assim como em nosso Carnaval, a bateria conduzia a evolução de blocos na batalha. Diferentes tipos de batida nos tambores – geralmente tocados por garotos – indicavam o posicionamento e as ações designadas para as tropas durante combates e situações cotidianas

CLUBE DA LUTA

Nos outros continentes, maiores lutas ocorreram todas na 2ª Guerra Mundial

EUROPA: 6,2 MILHÕES DE COMBATENTES

Batalha da França (1940)

Continua após a publicidade

ÁSIA: 3 MILHÕES DE COMBATENTES

Batalha da Manchúria (1945)

ÁFRICA: 311 MIL COMBATENTES

2ª Batalha de El Alamein (1942)

OCEANIA : 102 MIL COMBATENTES

Continua após a publicidade

Batalha de Saipan (1944)

O CABEÇA DA UNIÃO

Joseph Hooker foi o líder da União em Chancellorsville, mas a derrota abalou seu moral diante dos subordinados. No fim de junho, o general foi substituído no comando

LÍDER DOS CONFEDERADOS

O chefão dos confederados, quem diria, era um ex-defensor da União! Robert E. Lee virou a casaca para apoiar a Virgínia, seu estado natal, na luta separatista

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.