GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual foi o último país a abolir a escravidão?

Veja alguns dos países que mais demoraram a abolir

Pergunta do leitor – João Pedro Frederico, Fortaleza, CE

Foi a Mauritânia, no noroeste da África, entre o Saara Ocidental e o Senegal. A abolição aconteceu oficialmente em 9 de novembro de 1981, e passou a ser considerada um crime apenas em 2007. Formado por mouros e negros muçulmanos, o país escravizou africanos capturados por árabes no decurso de guerras. Mesmo após a aprovação da lei, infelizmente, a escravidão continua a existir no país. Estima-se que 20% da população de 3,2 milhões de pessoas vivam nesse regime. Em contrapartida, o primeiro país a banir o escravismo foi Portugal, em 1761. Todavia, o Marquês de Pombal direcionou o decreto apenas para Portugal Continental e suas colônias na Índia. No Brasil, se manteve até 1888, inclusive muitos anos depois da Independência, em 1822.

O que é escravidão?

A definição do termo pode variar

A ONU considera qualquer tráfico humano como escravidão. Já no Brasil, segundo o artigo 149 do Código Penal, há algumas situações que configuram escravismo. São elas: trabalhos forçados, jornada exaustiva, condições degradantes e restrição de locomoção em razão de dívida contraída com o empregador.

Lanterninhas

Veja alguns dos países que mais demoraram a abolir

Cuba – 1886

Brasil – 1888

Zanzibar – 1897

Etiópia – 1942

Arábia Saudita – 1962

Mauritânia – 2007

Fontes: Site onu.org.br; Código Penal

Consultoria: Lúcia Helena Oliveira Silva, professora do Departamento de História da Faculdade de Letras e Ciências da Unesp

Veja também:

+ Como era uma senzala?

+ O que é o “caxangá”, que os escravos de Jó jogavam?

+ Como surgiu a capoeira?

Newsletter Conteúdo exclusivo para você