Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Quando foram definidos o sentido horário e o anti-horário?

O sentido que os ponteiros dos relógios atuais seguem surgiu com os primeiros relógios do mundo, os relógios de sol, por volta de 5000 a.C. Apesar de não terem ponteiros, eles marcavam as horas por meio da sombra projetada por uma haste na base do relógio. E essa sombra girava da esquerda para a direita. […]

Por Marina Motomura Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 3 jun 2009, 18h55

O sentido que os ponteiros dos relógios atuais seguem surgiu com os primeiros relógios do mundo, os relógios de sol, por volta de 5000 a.C. Apesar de não terem ponteiros, eles marcavam as horas por meio da sombra projetada por uma haste na base do relógio. E essa sombra girava da esquerda para a direita. Isso acontecia porque os relógios de sol haviam sido inventados no hemisfério norte, na Babilônia, atual região do Iraque. Na parte norte da Terra, por causa da inclinação natural do planeta, o Sol segue do leste para o sul, e do sul para o oeste, projetando sombras, respectivamente, do oeste para o norte, do norte para o leste – ou seja, no sentido que chamamos hoje de horário. Como os relógios mecânicos, inventados por volta do século 14, também surgiram no hemisfério norte, na Europa, os ponteiros seguiram a mesma lógica do relógio de sol, movimentando-se da esquerda para a direita. Mas existem relógios que giram no sentido contrário: em Praga, por exemplo, há um relógio judeu no alto de uma torre que dá a volta pelo outro lado. :-S

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês