Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Quando surgiu o “minuto de silêncio” nos jogos de futebol?

Não se sabe ao certo, mas a versão mais divulgada sobre a origem do rito – observado, em geral, como um gesto de luto por algum morto ilustre – aponta que ele teria surgido em 1912, como um tributo dos portugueses ao barão do Rio Branco, ministro das Relações Exteriores do Brasil e figura querida […]

Por Yuri Vasconcelos Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 4 Maio 2009, 16h00

Não se sabe ao certo, mas a versão mais divulgada sobre a origem do rito – observado, em geral, como um gesto de luto por algum morto ilustre – aponta que ele teria surgido em 1912, como um tributo dos portugueses ao barão do Rio Branco, ministro das Relações Exteriores do Brasil e figura querida em Portugal. Quando os senadores lusitanos souberam de sua morte, em 10 de fevereiro de 1912, resolveram manter-se em silêncio por dez minutos. Copiada por parlamentos de outros países, esse tipo de homenagem teria se alastrado pelo mundo até, por fim, ser levada para os estádios de futebol. Como dez minutos era tempo demais para ficar de boca fechada, o tempo foi se reduzindo para um minuto. Outra versão assinala que o ritual silencioso (inicialmente com cinco minutos de duração) teria sido proposto em um artigo na edição de 8 de maio de 1919 do jornal London Evening News pelo jornalista australiano Edward George Honey. A ideia era celebrar o Dia da Memória Nacional, em honra ao tratado que encerrou a Primeira Guerra Mundial. O rei George V, do Reino Unido, gostou da ideia e, em novembro daquele ano, decretou dois minutos de silêncio em homenagem aos soldados britânicos mortos em combate. Assim como na versão portuguesa, o rito teria se espalhado pelo planeta e passado a ser adotado em competições esportivas. :-X

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês