Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Quanto tempo vai durar o petróleo no mundo?

A estimativa depende da descoberta de novas reservas, do aumento da produtividade nos poços e da evolução do consumo no mundo. Se tudo ficar como está hoje, o petróleo vai durar mais 40 anos. Para chegar a esse resultado, fomos atrás do total de reservas no mundo – 1,2 trilhão de barris segundo a Agência […]

Por Gabriela Portilho
Atualizado em 22 fev 2024, 11h29 - Publicado em 18 abr 2011, 18h24

A estimativa depende da descoberta de novas reservas, do aumento da produtividade nos poços e da evolução do consumo no mundo. Se tudo ficar como está hoje, o petróleo vai durar mais 40 anos. Para chegar a esse resultado, fomos atrás do total de reservas no mundo – 1,2 trilhão de barris segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP). Em seguida, dividimos esse valor pela média de produção – 81 milhões de barris por dia. Nos cálculos, consideramos apenas as reservas provadas, sem levar em conta projetos ainda em avaliação, como a reserva brasileira de Tupi. Outro fator que pode dar uma sobrevida ao combustível é a melhora das tecnologias de extração. “Nunca imaginamos tirar petróleo em bacias com mais de 7 mil metros de profundidade. Hoje, isso já é possível”, diz o geólogo Chang Kiang, da Unesp.

Pane seca
Veja quando as reservas de óleo de alguns países podem se esgotar

Iraque

ESTIMATIVA DE DURAÇÃO – 158 anos

PRODUÇÃO, EM MILHÕES DE BARRIS POR DIA – 1,9

RESERVAS, EM BILHÕES DE BARRIS – 115

Continua após a publicidade

A invasão americana do país provocou uma baixa na produção de petróleo de 1 milhão de barris por dia – cinco vezes a produção diária da Itália! Só para ter uma idéia, em cada barril cabem 159 litros de petróleo. São, portanto, 159 milhões de litros de petróleo a menos, o que daria pra encher cinco “piscinões de Ramos”

Arábia Saudita

ESTIMATIVA DE DURAÇÃO – 67 anos

PRODUÇÃO, EM MILHÕES DE BARRIS POR DIA – 10,8

Continua após a publicidade

RESERVAS, EM BILHÕES DE BARRIS – 264,3

De longe, a Arábia possui as maiores reservas do mundo. São 264 bilhões de barris, praticamente o dobro do vice-líder, Irã, que possui “apenas” 137 bilhões. Tudo isso porque a placa de solo sobre a qual a Arábia está continua colidindo com a placa eurasiana. Esse movimento cria dobras no subsolo, gerando vãos onde o óleo se acumula

Rússia

ESTIMATIVA DE DURAÇÃO – 22 anos

Continua após a publicidade

PRODUÇÃO, EM MILHÕES DE BARRIS POR DIA – 9,7

RESERVAS, EM BILHÕES DE BARRIS – 79,5

A Rússia é hoje a maior produtora de petróleo cru, porção mais pesada do líquido, de onde são retirados a gasolina e o óleo diesel, por exemplo. Em julho de 2007, a Rússia pediu à ONU que incluísse em seu território 119 km2 do círculo ártico, área disputada por outros sete países que contém em seu subsolo 400 bilhões de barris

Brasil

ESTIMATIVA DE DURAÇÃO – 18 anos

PRODUÇÃO, EM MILHÕES DE BARRIS POR DIA – 1,8

RESERVAS, EM BILHÕES DE BARRIS – 12,2

O campo de Tupi, recém-descoberto na bacia de Santos, vai colocar o Brasil na lista das dez maiores reservas do mundo. Do atual 24º lugar, nosso país vai pular para a oitava ou nona posição. Outro país da América do Sul, a Argentina, tem reservas de apenas 2 bilhões de barris, suficientes para mais oito anos

Continua após a publicidade

EUA

ESTIMATIVA DE DURAÇÃO – 7 anos

PRODUÇÃO, EM MILHÕES DE BARRIS POR DIA – 6,8

RESERVAS, EM BILHÕES DE BARRIS – 17,1

Continua após a publicidade

Os EUA são os maiores devoradores de petróleo do mundo, consumindo em média 20 milhões de barris por dia, 14 milhões a mais do que a China, segunda colocada. Cada americano gasta em média 8 toneladas de petróleo por ano, média que foi triplicada nos últimos 30 anos! Os combustíveis alternativos ainda são raridade por lá

OBS.: DADOS LEVANDO EM CONTA RESERVAS COMPROVADAS ATÉ 2006, E ATUAL RITMO DE EXTRAÇÃO DE CADA PAÍS

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.