GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quantos mecânicos trabalham em um carro de F-1?

MECÂNICO Nº 1

No fim de semana do GP, cada carro tem um time exclusivo de 11 mecânicos e técnicos se comunicando via rádio. Como todos vestem uniforme, só dá para identificar o chefão quando ele vai para a frente do carro, checa os últimos detalhes e autoriza o piloto a dar partida.

PAPO CORRIDO

O piloto só fala sobre acerto do carro com o engenheiro de corrida. Na classificação, o engenheiro passa as informações para o mecânico nº 1, mas nas corridas o papo é com um outro profissional, o

mecânico-chefe, que supervisiona os mecânicos dos dois carros.

TÉCNICO DE PNEUS

Controla mais de 80 pneus durante o GP. Na corrida, é obrigatório usar pelo menos oito pneus, ou seja, dois jogos completos. O técnico faz a calibragem, prepara os cobertores elétricos que aquecem os pneus e transporta os biscoitões pelos boxes.

TÉCNICO HIDRÁULICO

Além de parafusar os pneus esquerdos, sua principal tarefa é monitorar os fluidos que circulam pelo carro, desde os lubrificantes do motor até os óleos que amaciam a direção e acionam suspensão, freio e embreagem.

TÉCNICO DE COMPONENTES

A equipe leva três carros para o GP – dois titulares e um reserva – além de ferramentas, parafusos, bicos e aerofólios. São milhares de peças, todas catalogadas e em quantidade suficiente para montar um carro completo. Este cara é o responsável por deixar tudo na mão dos mecânicos e ainda cola os adesivos no carro.

MECÂNICO DE MOTOR

Garante que os propulsores trabalhem no máximo de potência sem estourar, já que cada motor tem que suportar pelo menos dois GPs. As equipes levam três motores para cada piloto – um para o treino livre de sexta-feira, outro para classificação e corrida, e mais um motor reserva.

TÉCNICO DE TRANSMISSÃO

Instala a caixa de câmbio e ajusta a relação das marchas de acordo com pedidos do piloto e com o desempenho do carro. Também parafusa os pneus direitos antes de o carro ir para a pista.

MECÂNICOS Nº 2

Formam um trio que trabalha em todas as partes do carro, auxiliando os técnicos mais especializados. Para evitar “congestionamentos”, um deles se concentra na frente do carro, outro cuida da traseira e sobra um curinga para ajudar nos trabalhos mais urgentes.

TÉCNICO ELETRÔNICO

O carro é quase todo controlado eletronicamente. Os chips, cabos e softwares que fazem a máquina rodar são instalados e monitorados por este técnico, que também garante o bom funcionamento da telemetria – transmissão de dados do carro para os computadores da equipe.

TÉCNICO DE COMBUSTÍVEL

A bomba de alta pressão que injeta 12 litros por segundo no tanque só é usada na corrida. Na garagem, a gasolina fica aos cuidados deste técnico, que injeta o combustível no carro com uma mangueira comum, enquanto outro tubo suga o ar do tanque.

TIME EXTRA

Pitstop reúne 21 profissionais da equipe

– Pneus (pistola / retirada / troca)

– Limpeza do radiador

– Reabastecimento

– Ajustes de asa

– Macacos dianteiro e traseiro

– Autorização de partida